PUBLICIDADE
Tecnologia
NOTÍCIA

Nokia deve lançar mais dois smartphones no Brasil em 2020, diz site

Empresa retornou ao País este ano, após encerrar as vendas de celulares em 2014

Bemfica de Oliva
23:31 | 14/09/2020
A Nokia ficou em primeiro lugar em todos os quesitos na pesquisa Counterpoint Research (Foto: Divulgação/Nokia)
A Nokia ficou em primeiro lugar em todos os quesitos na pesquisa Counterpoint Research (Foto: Divulgação/Nokia)

A Nokia, que já foi uma das maiores fabricantes mundiais de celulares, deve ampliar seu portfólio no Brasil ainda este ano. De acordo com Junior Faveiro, diretor de operações da empresa no País, serão dois novos modelos lançados no mercado nacional antes do fim de 2020. As informações são do site Mobile Time.

Atualmente, a marca oferece apenas o celular 2.3 no Brasil, um aparelho de entrada com preço de R$ 899. Dois outros modelos, os básico C2 e o intermediário 5.3, já são homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e podem ser vendidos no País. O executivo da Nokia, no entanto, não confirmou quais serão os modelos que serão lançados.

Outro plano da empresa é a ampliação dos canais de vendas, hoje focados no comércio eletrônico. A intenção é fechar parcerias com operadoras e ampliar as vendas em lojas físicas. Há também a intenção de iniciar a fabricação nacional dos celulares, que atualmente são importados. A distribuição e assistência técnica da Nokia são feitas no País pela Multilaser, conhecida por periféricos e acessórios eletrônicos, que também ficaria responsável por produzir os aparelhos no Brasil.

Os smartphones da Nokia atualmente são produzidos pela HMD Global, empresa fundada em 2016 por ex-funcionários da própria fabricante finlandesa, que vendeu sua divisão de celulares para a Microsoft em 2014. A HMD, que projeta e fabrica os aparelhos, tem um acordo de licenciamento para usar o nome Nokia nos produtos.