PUBLICIDADE
Tecnologia
NOTÍCIA

Aplicativo desenvolvido em Fortaleza possibilita o compartilhamento de notícias em tempo real

O lançamento oficial do VerbUp acontece em agosto, mas a plataforma já pode ser experimentada. O aplicativo está disponível para Android e IOS de forma gratuita

15:05 | 23/07/2019
Com o aplicativo, é possível comunicar fatos em tempo real
Com o aplicativo, é possível comunicar fatos em tempo real(Foto: O POVO)

O desenvolvimento de novas estratégias para acessar notícias se tornou necessário diante do fluxo de informações cada vez mais intenso. Essas novidades também transformam a convivência entre as pessoas e a forma como elas enxergam os fatos. E o acesso a elas acaba tornando um público antes afastado em uma audiência ativa, também produtora de notícia.

Mas, como fazer tudo isso de forma responsável e cuidadosa?

Pensando em tudo isso, Audísio Vaz criou o VerbUp, uma plataforma onde pessoas comuns poderão compartilhar notícias em tempo real.

Interface do VerbUp
Interface do VerbUp (Foto: Divulgação)

“A internet móvel começou a aparecer, celulares com câmeras e com acesso a dados. O que percebi é que tinha aí uma oportunidade de não precisar mais se deslocar para conseguir conteúdo, como também as informações chegavam mais rápido ao jornal. Depois a ideia partiu para outro ponto. Fiquei pensando: como que essas pessoas, que já são fontes dos veículos, podem participar de maneira mais ativa?”, diz Audísio, comunicador, criador e CEO do VerbUp.

Essa inquietude tornou a concepção do VerbUp possível. Há um ano e meio Audísio e outras duas pessoas, uma da tecnologia e outra do design de produtos, têm se dedicado a melhorar a plataforma. “O objetivo é fazer com que pessoas comuns reportem fatos que acontecem perto de onde elas estão. Por exemplo: você presenciou um acidente e quer registrar isso. O objetivo é compartilhar fatos”, explica Vaz.

O VerbUp funciona da seguinte forma:

1. O usuário faz login com e-mail, senha e um nome de usuário;

2. Com o login pronto, o usuário terá acesso a um espaço onde poderá publicar fotos e textos de onde estiver;

3. O aplicativo trabalha com geolocalização. Isso significa que as pessoas irão visualizar as informações mais próximas do lugar onde estão;

4. Para trabalhar a questão de segurança e confiabilidade alguns métodos foram desenvolvidos. Um algoritmo funciona no app para verificar as fotos publicadas. Ou seja, será possível saber se as fotos que aparecem foram tiradas no local e horário indicado;

5. Uma curadoria também será feita com as informações compartilhadas. Audísio garante “uma gestão desse conteúdo”, a fim de garantir a confiabilidade. “Tem tanto o filtro de inteligência artificial quanto humana”;

6. Assim como no Twitter, um selo de “verificação” será concedido para aquelas pessoas que construírem uma espécie de “reputação” no app. Quanto mais notícias confiáveis, mais chances de conseguir o selo. Jornalistas terão verificação automática.

Responsabilidade

Para uma utilização segura, Audísio aponta alguns cuidados que devem ser tomados no app. Como o VerbUp trabalha com informações em tempo real e qualquer pessoa poderá publicar, a responsabilidade é um elemento importante. “Como qualquer rede social, você é responsável por aquilo que publica. No nosso caso, tem uma agravante, porque diz respeito à reputação sua na plataforma”.

De acordo com o criador, usuários podem ser denunciados ou até banidos caso comprovado o uso inadequado do app, como compartilhamento de informações falsas.

Interface do VerbUp
Interface do VerbUp (Foto: Divulgação)

Momento de experimentar

O lançamento oficial do VerbUp será em agosto. Por enquanto, é possível experimentar o aplicativo, sabendo que está em fase final dos testes.

À princípio, ele estará restrito a Fortaleza, mas a ideia é expandir. “A gente tem uma aceleradora em San Francisco, na Califórnia, onde a gente vai levar o aplicativo logo depois que lançar aqui em Fortaleza”, diz.

Gabriela Feitosa/ESPECIAL PARA O POVO