PUBLICIDADE
Notícias

Veículo autônomo do Google pode ser testado por qualquer cidadão em cidade americana

15:45 | 25/04/2017
Carro autônomo da Waymo em trajeto pela cidade.
Carro autônomo da Waymo em trajeto pela cidade.

[FOTO1]Você entraria em um carro que percorre ruas sem ninguém ao volante? Pois esse é o teste que qualquer um dos 4,5 milhões de habitantes na região metropolitana da cidade de Phoenix, nos Estados Unidos, pode se submeter a partir dessa terça-feira, 25.

Os interessados podem se voluntariar para um dos 600 carros do Google que estarão circulando pela cidade. Um motorista da companhia estará lá apenas para uma emergência, pois a empresa insiste que o veículo se locomove sem a intervenção humana. Alguns indivíduos serão selecionados para gratuitamente conferir o que a companhia promete. A ideia é que isso não seja um evento único e, na verdade, faça parte da rotina dos voluntários.

[FOTO2]A Waymo é uma empresa do Google que está levando adiante o projeto da gigante da tecnologia de tornar uma realidade cotidiana os carros autônomos. Desde janeiro deste ano, a empresa realiza testes com vários moradores do Phoenix, Arizona.

[VIDEO1] Agora, após esse período inicial de testes "fechados", eles ofereceram a possibilidade de qualquer um se tornar voluntário do serviço ­­- que pretende ser como um Taxi (ou Uber) autônomo - sem motorista - no futuro. A ideia é reunir o máximo de feedback possível dos usuários e descobrir coisas como: "para onde as pessoas querem ir em um carro autônomo, como eles se comunicam com o nosso veículo e quais informações e controles eles querem ver dentro".

[FOTO3]A Waymo disse que estarão aceitando centenas de pessoas com perfis diferentes e necessidades diversas em termos de transporte para realizar esse teste e usufruir do serviço gratuitamente, que cobrirá uma área de quase 250 km². Disseram ainda que a proposta não é de que as pessoas utilizem durante um ou dois dias, na realidade, eles querem uma opinião dos usuários no decorrer de vários usos rotineiros.

Para conseguir atender toda essa demanda, e também com a intenção de trazer a iniciativa para outras cidades, eles já solicitaram mais 500 veículos do modelo Pacifica Híbrido para a fabricante parceira deles, a Chrysler. Esses se juntarão aos 100 carros que já estavam sendo usados com o equipamento do Google.

Uber ficou de lado

[FOTO4]A Uber também já estava tentando desenvolver seu próprio meio de oferecer um serviço com carros autônomos. A multinacional norte-americana desenvolveu uma tecnologia, assim como o Google com a Waymo, e colocou para testes em Pittsburgh, Pensilvânia, além de outra iniciativa em Tempe, Arizona, também nos EUA, em setembro de 2016. Só que neste último ocorreu um acidente que acabou deixando o carro tombado de lado.

Outro caso envolvendo a Uber e a tecnologia para carros auto-dirigíveis é um processo da própria Waymo acusando-os de roubar alguns segredos do Hardware e Software desenvolvido por eles. A resposta da Uber ao processo foi, em resumo, uma admissão de que a tecnologia do Google é superior a deles.

[VIDEO2] 

 

TAGS