PUBLICIDADE
Notícias

Moto G4 mira público mais exigente e com baixo custo

As atualizações são rápidas graças à aposta da marca na versão pura do Android. O preço é justo, mas talvez seja boa ideia pensar em comprar sua versão Plus

19:12 | 06/07/2016
NULL
NULL

Apresentado pela Lenovo em maio, o Moto G 4 chega com um design moderno, configuração razoável, com câmera e baterias turbinadas para vídeos e selfies. A quarta geração do Moto padrão sai por R$ 1.299, um preço justo para um aparelho com tela de 5,5 polegadas, resolução Full HD (1920 x 1080) e câmera de 13 MP, além da frontal de 5 MP.

A nova versão é um pouco mais fina que seu antecessor e vem reta - um pequeno detalhe que faz uma boa diferença para o visual do smartphone. Se antes os Moto G eram conhecidos pela aparência, digamos, mais 'bruta' do mercado, o G 4 chega como concorrente à altura. A pópria Lenovo, inclusive, tem smartphones à venda na mesma faixa de preço, como o Moto X Play e o Vibe K5 (também testado pelo O POVO Online).

A câmera do Moto G 4 é ideal para quem não é nenhum especialista em fotografias, atendendo bem às necessidades dos usuários que buscam trocar de celular sem desembolsar uma grande quantia. As fotos saem limpas, apesar da ausência do foco a laser; além disso, a câmera frontal é exatamente igual à do Moto G 4 Plus - que é mais sofisticado e sai por R$ 1.499.

As atualizações são rápidas graças à aposta da marca na versão pura do Android 6.0.1 (Marshmallow), e os apps fluem na interface, sem os incômodos travamentos. Um destaque interessante do Moto G4 é a TV Digital, com a programação em HD com uma antena externa.

[SAIBAMAIS 3] O processador octa-core e a memória RAM de 2GB também são eficazes para o funcionamento de jogos e acesso à Internet. O armazenamento interno de 16 GB pode ser expandido com micro SD de até 128 GB - mais um ponto para ele.

O Moto G4 tem a mesma bateria de 3.000 mAh da versão Plus e, durante o teste, foram necessários pouco mais de 35 minutos para carregá-la em 100% . O fone dele é bem simples, mas atendeu bem o teste o de uma semana do aparelho (sem ruídos, apesar de aparentar fragilidade).

O aparelho pode ser customizado no Moto Maker, em que o cliente define detalhes e a cor da tampa traseira, no site oficial da fabricante. De fato, o Moto G 4 é um ótimo aparelho, mas desembolsar mais R$ 200 pela sua versão plus não é má ideia. Afinal, seu irmão mais caro traz sensor de impressão digital e uma câmera de 16 MP.

Especificações técnicas

Sistema operacional: Android 6.0.1 (Marshmallow)

Tela: 5,5 polegadas

Resolução de tela: 1920x1080 pixels (Full HD)

Chipset: Qualcomm Snapdragon 617

Memória RAM: 2 GB

Armazenamento interno: 16 GB

Armazenamento externo: cartão micro SD de até 128 GB

Câmera traseira: 13 MP

Câmera frontal: 5 MP

Bateria: 3.000 mAh

Altura: 152 mm Largura: 76,6 mm

Espessura: 9,8 mm Peso: 157 gramas Preço: R$ 1.299

TAGS