PUBLICIDADE
Notícias

Sonda "acorda" para continuar sua missão científica em Plutão

New Horizon está no espaço há nove anos e já percorreu 4,8 bilhões de km

15:49 | 10/12/2014
NULL
NULL

A sonda New Horizons, da NASA, voltou a ativa para sua próxima missão: estudar a geologia e geomorfologia do planeta Plutão e suas luas. Depois de 4,8 bilhões de km percorridos, o equipamento que estava hibernando pela 18ª vez foi "despertado" no domingo, 6.

No espaço, em uma jornada que já dura nove anos, o equipamento já começou a transmitir informações para a Terra. A observação científica do planeta considerado "anão" mais distante do sistema solar será iniciada em janeiro de 2015, conforme cronograma.

Depois que atingir o ponto mais próximo de Plutão, a New Horizons seguirá viagem para o Cinturão de Kruiper, região de miniplanetas congelados orbitando o Sol, além de Netuto.

O estudo científico da New Horizons

Há cientistas que defendem que o planeta não passa de um asteróide. A partir disso, a sonda servirá para solucionar esta questão.

Desde a descoberta de Plutão, em 1930, o "anão" tem sido um mistério em virtude de seu tamanho menor aos outros do sistema solar.

Em 1992, astrônomos constataram que ele fica 40 vezes mais longe do Sol do que a Terra e não estava sozinho em seu tamanho, o que levou a reconsiderar sua definição de "planeta". A sonda iniciou sua viagem em 2006 e passou por Marte, Júpiter, Saturno e Urano e já hibernou 18 vezes para poupar equipamentos e custo operacional da missão, que será encerrada em 2016.

Redação O POVO Online 

TAGS