PUBLICIDADE
Notícias

Brasil sobe em ranking de pesquisa

Nas últimas duas décadas, o país saltou da 24ª para a 13ª posição

16:36 | 03/11/2014
NULL
NULL

Nos últimos 20 anos, a produção científica tem progredido de maneira significativa no Brasil.

De acordo com levantamento divulgado pela agência de notícias Thomson Reuters, na última sexta-feira, 31, durante a 1ª Cúpula Thomson de Experiência com Inovação, em São Paulo, de 1993 a 2013, o Brasil foi do 24º para o 13º lugar no ranking dos países com maior produção científica.

Se em 1993 o país respondia por apenas 0,5% das pesquisas, atualmente este percentual subiu para 2,5%. As principais especialidades com estudos relevantes são: a medicina clínica, seguida pelas ciências vegetais e animais.

Com o avanço de quase 700% registrado entre 1993 e 2003, o Brasil chegou, inclusive, a ultrapassar países como Rússia, Suíça e Holanda.

A China, por sua vez, alcançou avanço ainda maior no período, de 2.200%, saltando da 15ª para a 2ª posição, perdendo apenas para os Estados Unidos.

A Coreia do Sul também registrou um avanço exemplar. Fora das 25 maiores em produções em 1993, hoje figura logo à frente do Brasil, em 12º lugar.

Confira o ranking de 2013 em que constam os 20 países com maior produção científica:

1º - Estados Unidos      
Número de estudos: 429.556
Proporção: 24,90%

2º - China
Número de estudos: 288.424
Proporção: 16,70%

3º - Alemanha     
Número de estudos: 114.316     
Proporção: 6,60%

4º - Inglaterra     
Número de estudos: 108.311     
Proporção: 6,30%

5º - Japão
Número de estudos: 90.678     
Proporção: 5,30%

6º - França     
Número de estudos: 78.979     
Proporção: 4,60%

7º - Canadá     
Número de estudos: 70.471     
Proporção: 4,10%

8º - Itália     
Número de estudos: 70.216     
Proporção: 4,10%

9º - Índia     
Número de estudos: 62.282
Proporção: 3,60%

10º - Espanha
Número de estudos: 60.230     
Proporção: 3,50%

11º - Austrália     
Número de estudos: 59.913     
Proporção: 3,50%

12º - Coreia do Sul     
Número de estudos: 56.262     
Proporção: 3,30%

13º - Brasil     
Número de estudos: 42.931     
Proporção: 2,50%

14º - Holanda     
Número de estudos: 40.951     
Proporção: 2,40%

15º - Taiwan     
Número de estudos: 32.956     
Proporção: 1,90%

16º - Rússia     
Número de estudos: 32.263     
Proporção: 1,90%

17º - Suíça
Número de estudos: 29.801     
Proporção: 1,70%

18º - Turquia     
Número de estudos: 28.765     
Proporção: 1,70%

19º - Irã     
Número de estudos: 28.197     
Proporção: 1,60%

20º - Polônia     
Número de estudos: 27.185     
Proporção: 1,60%

Redação O POVO Online

TAGS