PUBLICIDADE
Notícias

Sete coisas que não podem faltar na mochila de um campuseiro

O POVO Online conversou com alguns dos 1.600 participantes que vão acampar no local para saber o que não pode faltar durante a maratona de 300 horas de conteúdo

15:17 | 23/07/2014
NULL
NULL

Palestras, workshops e oficinas sobre temas diversos, que vão desde robótica até design e mídias sociais, tudo com conexão de 10 Gb promovida pela Telefônica Vivo. A Campus Party Recife 2014 abriu as portas na tarde desta quarta-feira, 23, e teve gente que chegou cedo para não perder nenhum conteúdo.

O primeiro a entrar na Campus Party, por exemplo, foi a estudante Maria Paloma, 24 anos, que chegou ao local às 6 horas. “Eu não queria pegar fila e me antecipei pra conseguir um bom lugar na mesa”, justificou. Moradora de Carpina, zona da mata pernambucana, Paloma foi assediada por fotógrafos e jornalistas após ser recepcionada pelos organizadores do evento.

No caso de Silvane Maia, 19 anos, a viagem foi mais longa. Com um grupo de 44 pessoas, ela enfrentou 13 horas de viagem em um ônibus da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), que veio de Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte. “Acredito que aqui vou conhecer as inovações tecnológicas, o que ajuda no meu curso [Ciência da Computação]”.
[FOTO2]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Confira a lista dos itens essenciais para os campuseiros:
1. Computador. Esse não é apenas um acessório dos campuseiros, mas a principal ferramenta dos participantes, que vão jogar, empreender e mostrar seus projetos;
2. Smartphone. Para se conectar com os amigos e futuros parceiros de negócios, o smartphone tem que estar preparado para registro de contatos e até captura fotográfica dos momentos da Campus;
3. Alimentação. Biscoitos, água e snakes para que os campuseiros acompanhem o evento também não podem faltar;
4. Travesseiro. Almofadas, lençois e até ursinhos de pelúcias são levados pelos os campuseiros;
5. Toalha. Referência ao ''Guia do Mochileiro das Galáxias'', objeto vai além das utilidades fictícias atribuídas por Douglas Adam, como por exemplo, manter os campuseiros cheirosos;
6. HD Externo. Os campuseiros ensinam: é bom levar um HD para salvar os novos arquivos que vão surgir durante os cinco dias de palestras;
7. Cartão de visitas. Mesmo quem não vai a trabalho precisa se identificar e um cartão de visitas é essencial para networking e novas amizades.

Redação O POVO Online

TAGS