Participamos do

Estado com menor vacinação no Nordeste, Maranhão decide flexibilizar uso de máscaras

O anúncio foi feito pelo governador por meio de seu perfil no Twitter. A flexibilização será possível após a redução no número de casos e de internações por Covid-19, conforme o governo local
20:23 | Nov. 10, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Estado com menor percentual de pessoas totalmente imunizadas contra a Covid-19 no Nordeste, o Maranhão decretou o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos. O anúncio foi feito pelo Governador Flávio Dino (PSB) nesta quarta-feira, 10, através das redes sociais. Já as regras sobre o uso do item de proteção em ambientes fechados serão divulgadas nesta quinta-feira, 11, por meio de decreto.

LEIA TAMBÉM | Covid-19: 57% da população cearense completou esquema vacinal contra a doença

“Assinei agora o decreto que torna facultativo o uso de máscaras em locais abertos no Maranhão. Valerá a vontade de cada pessoa. Em locais fechados, haverá regras que serão divulgadas amanhã. Friso a imprescindibilidade da vacinação para que sigamos avançando”, afirmou o governador, pelo Twitter.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

De acordo com o governo local, a flexibilização será possível após a redução no número de casos e de internações por Covid-19. Outras medidas já foram adotadas, como a ampliação do funcionamento de estabelecimentos e a abertura de cinemas e teatros, além do retorno das aulas presenciais na rede pública estadual.

O avanço na campanha de vacinação também foi um dos fatores considerados por Flávio Dino para autorizar a flexibilização, embora o Maranhão seja o estado do Nordeste com menor percentual de pessoas totalmente imunizadas contra a Covid-19 (42%). A liderança do ranking pertence ao Ceará (57%), seguido por Rio Grande do Norte (53%) e Sergipe (53%). Pernambuco (52%), Bahia (50%) Paraíba (50%), Piauí (52%) e Alagoas (46%) completam a lista. Os dados foram atualizados na noite desta quarta-feira, 10, pelo Consórcio de Veículos de Imprensa. 

Com Agência Brasil

Tenha acesso a reportagens especiais. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags