Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Rio distribui doses da AstarZeneca e Pfizer aos municípios do estado

11:17 | Set. 15, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) começou hoje (15) a distribuição para municípios do Rio de Janeiro das 50 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca, que recebeu ontem. Todas são destinadas à segunda aplicação. O município do Rio de Janeiro pôde fazer a retirada do seu lote direto na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA), em Niterói.

Para outras regiões do estado, a entrega está sendo feita também nesta quarta-feira por vans e caminhões. Os comboios com escolta da Polícia Militar começaram a sair da CGA às 7h. Já as cidades de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Volta Redonda farão a retirada amanhã (16) também na CGA.

Pfizer

Hoje também a SES, continua a distribuição das 464.490 doses da vacina Pfizer, que chegaram ao estado na noite de segunda-feira (13). Esses lotes são destinados à primeira e à segunda dose do esquema vacinal.

As vacinas ficaram disponíveis para a capital na segunda-feira e no dia seguinte foram distribuídas aos municípios de Niterói, São Gonçalo, Maricá, Itaboraí e de Volta Redonda. As outras cidades estão recebendo hoje junto com a vacina Oxford/AstraZeneca.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Rio distribui doses da AstraZeneca e Pfizer aos municípios do estado

Saúde
11:28 | Set. 15, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) começou hoje (15) a distribuição para municípios do Rio de Janeiro das 50 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca, que recebeu ontem. Todas são destinadas à segunda aplicação. O município do Rio de Janeiro pôde fazer a retirada do seu lote direto na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA), em Niterói.

Para outras regiões do estado, a entrega está sendo feita também nesta quarta-feira por vans e caminhões. Os comboios com escolta da Polícia Militar começaram a sair da CGA às 7h. Já as cidades de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Volta Redonda farão a retirada amanhã (16) também na CGA.

Pfizer

Hoje também a SES continua a distribuição das 464.490 doses da vacina Pfizer, que chegaram ao estado na noite de segunda-feira (13). Esses lotes são destinados à primeira e à segunda dose do esquema vacinal.

As vacinas ficaram disponíveis para a capital na segunda-feira e no dia seguinte foram distribuídas aos municípios de Niterói, São Gonçalo, Maricá, Itaboraí e de Volta Redonda. As outras cidades estão recebendo hoje junto com a vacina Oxford/AstraZeneca.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Mapeamento social em Russas vai diagnosticar situação de crianças e adolescentes na pandemia

Crianças e adolescentes
11:27 | Set. 15, 2021
Autor Levi Aguiar
Foto do autor
Levi Aguiar Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Prefeitura do Município de Russas, interior do Ceará, contratou uma empresa de consultoria para realizar um diagnóstico social que terá a função de mapear as condições das crianças e adolescentes do Município. Objetivo é ter dados para realizar ações que amenizem os impactos da Covid-19, assegurando maior dignidade a esse público.

“O nosso projeto busca oferecer ao município de Russas uma dimensão exata da realidade local. Para isso, foram realizadas análises das violações de direitos junto a diferentes agentes em todas as esferas administrativas e sociais do município", explica Karlo Medeiros, consultor em projetos Gestão Pública e coordenador do projeto.

LEIA MAIS | Aferição de temperatura deixa de ser obrigatória nos estabelecimentos do Ceará

O amor à primeira vista que levou casal de Crateús a adotar três irmãos

Segundo o último Censo Demográfico de 2010, a população de Russas é de 69.833 pessoas. As pessoas de 0 a 19 anos do município em 2010 totalizava 24.138 habitantes. O diagnóstico é realizado pela EXP Consultoria, e dividido em quatro ações.

  • Atualização do Diagnóstico Municipal da Infância e Adolescência, contendo a Análise da Estrutura e dos indicadores das políticas públicas disponíveis;
  • Elaboração da Política Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, com objetivos e desafios estratégico validados e contidos no Plano Municipal Decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente;
  • Atualização do Plano Municipal Decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente;
  • Elaboração da Sistemática de Monitoramento da implementação do Plano Decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

O Plano Decenal é um documento elaborado com o objetivo de estabelecer uma política para os próximos dez anos, visando à efetivação dos direitos da criança e do adolescente e à melhoria real de suas condições de vida.

LEIA MAIS | Entenda importância da doação de medula óssea para pacientes com doenças hematológicas

Rede Cuca promove ações de educação ambiental em escolas de Fortaleza

Garantias de direitos

 

O defensor público da Vara Única Criminal de Russas, Alan Couto, esclarece que a Constituição Federal determina que é dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente o direito à saúde, alimentação, educação, lazer e dignidade. “Em um momento onde o direito à saúde torna-se mais evidente ainda, todas as garantias infanto-juvenis estabelecidas pelo (ECA) devem ser mantidas e fiscalizadas".

Além disso, os jovens precisam estar a salvo de toda forma de negligência, exploração e violência. “Dessa forma, com a pandemia, o Estado deveria não apenas garantir o direito à vida e à saúde através do isolamento social, mas também a educação das crianças e adolescentes para que pudessem ter amplo acesso às aulas on-line sem maiores prejuízos ao ano letivo”, informa.

Políticas públicas

 

Além do mapeamento, a outra parte do projeto visa entregar proposições para o desenvolvimento de políticas a curto, médio e longo prazo para combater os quadros de vulnerabilidade e amenizar a violação dos direitos de crianças e adolescentes. 

"Com a pandemia, precisamos dar maior prioridade aos projetos de curto prazo, já que com a pandemia de Covid-19, muitas crianças ficaram sem acesso às aulas, por exemplo, além da necessidade de estar atento à saúde mental", alerta Karlo.

Já no médio prazo, foram detectados problemas em relação ao déficit de aprendizado dos estudantes, além dos grandes impactos para as famílias na renda. "Como todo interior não tem um parque industrial muito forte, então os empregos formais não são abundantes. Então, uma parte considerável das pessoas vive de empregos informais, economia criativa e pequenos negócios".

A consulta foi realizada a nível domiciliar e foram ouvidas 405 pessoas, distribuídas pelo município. O questionário abordou principalmente temas que envolvem a segurança alimentar, impactos da pandemia e questões financeiras para tentar entender o contexto do grupo de interesse e como isso influencia a violação de direitos baseados no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Doença “urina preta” pode estar relacionada a consumo de frutos do mar

Saúde
11:03 | Set. 15, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou uma nota na qual alerta sobre uma possível relação entre os casos de doença de Half, conhecida como “urina preta”, observados este ano no Brasil, e o consumo de peixes, mariscos e crustáceos sem o selo dos órgãos de inspeção oficiais.

De acordo com a pasta, todos os casos notificados e em investigação estão sendo acompanhados por epidemiologistas do Ministério da Saúde, em cooperação com os Laboratórios Federais de Defesa Agropecuária (LFDA) e o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).

A doença de Haff apresenta como sintomas rigidez muscular frequentemente associada ao aparecimento de urina escura, que resulta de insuficiência renal. Ela se constitui em um tipo de rabdomiólise, nome dado para designar uma síndrome que gera a destruição de fibras musculares esqueléticas e libera elementos de dentro das fibras - como eletrólitos, mioglobinas e proteínas - no sangue.

A nota do Mapa informa que os primeiros sinais e sintomas podem se manifestar nas 24 horas após o consumo de peixe cozido, lagostim e outros frutos do mar contaminados. “A enfermidade é considerada emergente e, por ter origem desconhecida, enquadra-se como evento de saúde pública (ESP), sendo considerada de notificação compulsória”, diz a nota.

Ainda segundo o ministério, os primeiros casos de doença de Half registrados no Brasil foram em 2008, com origem em espécies de água doce como o Pacu (Mylossoma spp), tambaqui (Colossoma macropomum) e pirapitinga (Piaractus brachypomus), bem como em peixes de água salgada, como a arabaiana/olho-de-boi (Seriola spp) e badejo (Mycteroperca spp).

Foram também registrados casos em 2016 e, agora, em 2021. Diante da situação, o Mapa está orientando a população a ficar atenta na hora de comprar pescados, de forma geral. “Peixes, mariscos e crustáceos comercializados devem conter o selo dos órgãos de inspeção oficiais”, alerta o ministério, ao informar que produtos identificados pelo carimbo de inspeção na rotulagem possibilitam a rastreabilidade de sua origem, o que os torna seguros.

A dificuldade para a identificação do material contaminado está no fato de que a toxina causadora não tem gosto nem cheiro específicos, o que torna mais complexa a sua percepção. Nos relatos registrados ao longo dos anos, pessoas acometidas da doença ingeriram diferentes tipos de peixe, como salmão, pacu-manteiga, pirapitinga, tambaqui, e de diversas famílias como Cambaridae e Parastacidae.

“Pesquisas sobre os possíveis agentes causadores estão sendo realizadas pelo LFDA e o IFSC, a partir das amostras coletadas dos alimentos consumidos, bem como de material biológico dos próprios pacientes acometidos. Por ter sido registrada em diversos biomas (rios, lagos, mares etc) e espécies, não é possível, até o momento, determinar, com base nos casos analisados, os ambientes e animais envolvidos”, informa a nota.

De acordo com o Mapa, foram feitas pesquisas de amostras na busca por “moléculas suspeitas”, especialmente de grupos onde é mais provável encontrar toxinas causadoras da doença de Haff. No caso, “moléculas análogas que podem ser produzidas por microalgas tóxicas”.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

UE vai doar 200 milhões de doses de vacinas até meados de 2022

Internacional
10:28 | Set. 15, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A União Europeia (UE) tem vacinas contra a covid-19 suficientes para garantir uma terceira dose, caso seja necessário. No discurso do Estado da União Europeia (Soteu, a sigla em inglês), a presidente da comissão, Ursula Von der Leyen, traçou as prioridades para o próximo ano e disse que o combate à pandemia continua no topo das preocupações. A UE quer acelerar a vacinação nos países com baixo rendimento e, para isso, vai doar mais 200 milhões de doses até meados de 2022.

Ela anunciou que vai ser organizada no próximo ano, durante a presidência francesa da UE, uma reunião de cúpula sobre defesa, Para Ursula Von der Leyen, trata-se de questão essencial para a Europa passar ao nível seguinte.

A presidente da Comissão Europeia anunciou ainda que o bloco vai doar 100 milhões de euros de ajuda humanitária ao Afeganistão. "Vamos aumentar novamente a ajuda humanitária ao Afeganistão em 100 milhões de euros, que farão parte de um novo pacote de apoio ao país a ser divulgado nas próximas semanas".

A líder do bloco, em seu discurso no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, observouque o apoio deve evitar os riscos reais de uma grande fome e um desastre humanitário.

"Estamos ao lado do povo afegão, das mulheres e crianças", acrescentou, lembrando "as juízas que se escondem agora dos homens que tinham mandado para a prisão".

Von der Leyen falou também sobre o combate à pandemia de covid-19. Afirmou que 2022 vai ser um "teste de caráter" para a União Europeia no combate nessa área e alertou para sinais de divergência entre os Estados-membros. "A pandemia é uma maratona, não é um sprint {corrida de velocidade]".

Ela destacou o trabalho que tem sido feito na UE, especialmente na aceitação e administração de vacinas. "Temos 1,8 bilhão de doses adicionais asseguradas, o que é suficiente para nós e para a nossa vizinhança e ainda, se forem necessárias, para vacinas de reforço", disse.

O primeiro discurso do Estado da União foi proferido pelo então presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, em 7 de setembro de 2010, prática que foi seguida pelo seu sucessor, Jean-Claude Juncker, e pela atual chefe do Executivo comunitário.

Ursula Von der Leyen, que tomou posse em 1º de dezembro de 2019, fez a sua primeira intervenção no cargo em 16 de setembro de 2020.

* Com informações da RTP - Rádio e Televisão de Portugal

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

12 municípios cearenses registram chuvas rápidas nesta quarta

chuvas
10:02 | Set. 15, 2021
Autor Júlia Duarte
Foto do autor
Júlia Duarte Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará teve registro de chuvas rápidas em 12 municípios nas últimas 24 horas. As precipitações aconteceram mais na porção Centro-Sul do Estado e, de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), teve relação com a formação de áreas de instabilidades provenientes do Oceano Atlântico. O órgão explica que as chuvas também são causadas por efeitos locais, como temperatura e relevo.

A região do Cariri concentrou quase todos os registros de chuva, considerados pouco expressivos. Umari foi o município com a maior chuva registrada, com 26 mm, no posto da cidade. Juazeiro segue a lista em segundo lugar, com 20 mm, no posto da Vila São Gonçalo-Marrocos. Tauá, no Sertão Central, teve a terceira maior precipitação: 18,3 mm. Todos os demais municípios com registros de chuva são da região do Cariri. Em Fortaleza e Região Metropolitana (RMF) não houve registro de chuvas.

Confira as maiores precipitações desta quarta-feira, 15

Umari: 26 mm

Juazeiro do Norte: 20mm

Tauá: 18.3mm

Crato: 18mm

Granjeiro: 14.3

A previsão da Funceme era DE predomínio de céu variando entre parcialmente nublado a sem nuvens com baixa possibilidade de chuva (20% a 40% de chance) em quase todas as macrorregiões, exceto na Ibiapaba.  Para quinta-feira, 16, até a última atualização da previsão, a tendência é de tempo estável, ou seja, sem expectativa de chuva.

LEIA MAIS| B-R-O Bró: Ceará entra em época mais quente do ano

De setembro e dezembro, o Ceará entra na época conhecida como “B-R-O-Bró”, por ser historicamente o período mais quente do ano. A explicação é a baixa umidade do ar devido à escassez de chuva. A proximidade da linha do Equador justifica as temperaturas no Ceará serem tão altas o ano todo. Entretanto, durante esses meses as temperaturas médias costumam ficar mais elevadas, quando a estiagem predomina.

 


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags