PUBLICIDADE
Saúde
NOTÍCIA

Com vacinômetros população pode acompanhar imunização nos estados

16:53 | 01/02/2021

Com o início da vacinação contra a covid-19, governos estaduais e municipais passaram a divulgar um “vacinômetro”, um espécie de banco de dados que registra, entre outras informações a quantidade de pessoas que já tomaram algum tipo de imunizante contra a doença, locais de vacinação, quais grupos estão sendo vacinados, etc. Na maior parte dos vacinômetros também é possível obter as informações por município.

O Ministério da Saúde também disponibiliza uma ferramenta com informações sobre o registro das doses aplicadas da vacina. Os dados sobre as coberturas vacinais podem ser acessados por meio de um painel on-line, no LocalizaSUS.

Os dados do ministério, abastecidos pelos municípios, mostram que, até o momento, foram aplicadas 679.893 doses, de um público-alvo, nessa etapa de vacinação, de 77.219.266 pessoas.

A Agência Brasil também fez um levantamento com os dados sobre vacinação. Abaixo é possível acompanhar a situação do seu estado.

Acre (AC) – o portal da transparência da covid-19 no Acre informa, até o dia 25 de janeiro, que o estado recebeu 51.060 doses, das quais 31.275 foram distribuídas, com 5.249 pessoas vacinadas.

Rio Branco – A capital não dispõe de um vacinômetro sobre a covid-19.

Alagoas (AL) – A página do governo do estado registra até o dia 29 de janeiro, 40.636 pessoas vacinadas.

Maceió – A capital não conta com um serviço para acompanhar a quantidade de pessoas que foram vacinadas contra a covid-19.

Amapá (AP) – O estado não dispõe de uma página com os dados sobre o número de pessoas vacinadas. Mas a Secretaria de Saúde, informa que, até o dia 30 de janeiro, foram imunizados mais de 800 profissionais de saúde. Dados do LocalizaSuS mostram que 3.065 pessoas foram vacinadas no estado.

Macapá – A capital também não dispões de um serviço específico para acompanhar a vacinação contra a covid-19.

Amazonas (AM) – O estado disponibiliza as informações sobre a vacinação na página . Segundo o portal, até o momento foram vacinadas 44.772 pessoas contra a covid-19.

Manaus – A prefeitura criou um vacinômetro para divulgar o número de pessoas vacinadas, que somam 19.768.

Bahia (BA) – No estado, é possível acompanhar as informações sobre a vacinação pela página. Até o momento já tomaram o imunizante no estado 192.437.

Salvador – A capital também tem um portal onde é possível acompanhar a quantidade de pessoas vacinadas, que já soma 55.638.

Ceará (CE) – O vacinômetro informa que até o momento 81.921 pessoas foram vacinadas até o dia 29 de janeiro.

Fortaleza – Na capital não há um vacinômetro. A prefeitura disponibiliza uma página para o agendamento da vacinação.

Distrito Federal (DF) – A pagina do DF que registra dados sobre a vacinação mostra que foram vacinadas, até o dia 29 de janeiro, 44.315 pessoas.

Espírito Santo (ES) – O vacinômetro não traz informações sobre o número de pessoas vacinadas, mas registra que 93.962 doses da vacina foram distribuídas, cobrindo 73% do grupo prioritário composto por profissionais da saúde, indígenas, idosos de Instituição de Longa Permanência e pessoas com deficiência abrigadas em instituições.

Vitória – a capital não dispõe de um vacinômetro.

Goiás (GO) – A Secretaria de Saúde informa que até o dia 29 de janeiro foram aplicadas 75.496 doses das vacinas contra a covid-19 em todo o estado. A página de informações da própria secretaria  registra 33.507 doses aplicadas.

Goiânia – a capital não dispõe de uma página com dados sobre vacinação.

Maranhão (MA) – O vacinômetro do estado registra que o estado fez a aplicação do imunizante em 56.435 pessoas.

São Luís – A prefeitura não tem um vacinômetro, mas disponibiliza uma página para que pessoas dos grupos prioritários possam se cadastrar para receber o imunizante.

Mato Grosso (MT) – O estado não possui um vacinômetro com informações sobre as doses já aplicadas. Dados do LocalizaSUS mostram que até o momento, 25.404 pessoas foram imunizadas.

Cuiabá – O vacinômetro do município registrou, até o dia 31 de janeiro, 8.823 pessoas vacinadas.

Mato Grosso do Sul (MS) – O vacinômetro do estado, lançado nesta segunda-feira (1°), mostra que, até o dia 29 de janeiro, foram aplicadas 46.152 doses.

Campo Grande – A prefeitura não dispõe de uma página com informações sobre a vacinação.

Minas Gerais (MG) – O vacinômetro registra 167.827 pessoas que receberam o imunizante em todo o estado.

Belo Horizonte- A prefeitura disponibiliza uma página na qual informa que 53.698 pessoas receberam a primeira dose da vacina.

Pará (PA) – O vacinômetro registra que 43.773 pessoas receberam a vacina.

Belém – A prefeitura não dispõe de uma página com informações sobre a vacinação.

Paraíba (PB) – O vacinômetro do estado registra que 35.044 pessoas foram vacinadas até o dia 31 de janeiro.

João Pessoa – O vacinômetro do município registra que até o dia 28 de janeiro foram vacinadas 14.242 pessoas.

Paraná (PR) – O estado não disponibiliza um vacinômetro para acompanhar a evolução da vacinação. Mas de acordo com o LocalizaSUS, até o momento, foram vacinadas 66.250 pessoas no estado. A secretaria de Saúde informa que 136.226 pessoas foram vacinadas contra a covid-19 até esta sexta-feira (29).

Curitiba – A prefeitura não possui uma página com dados sobre a vacinação contra a covid-19.

Pernambuco (PE) – O governo do estado não disponibiliza um vacinômetro para acompanhar a evolução da vacinação. De acordo com o LocalizaSUS até o momento foram vacinadas 33.376 pessoas no estado.

Recife – O vacinômento do município registra 23.808 pessoas vacinadas.

Piauí (PI) – De acordo com o vacinômetro do estado, 33.491 pessoas receberam a primeira dose da vacina no  estado.

Teresina - A prefeitura não dispõe de uma página com um vacinômetro. A Fundação Municipal de Saúde informam em boletim que no município 14.676 pessoas foram vacinadas contra a covid-19 do dia 19 ao dia 29 de janeiro.

Rio de Janeiro (RJ) – O estado não possui um vacinômetro com dados sobre quantas pessoas receberam a vacina. O LocalizaSUS registra que foram vacinadas 45.882 pessoas.

Rio de Janeiro – A capital do estado registrou até o dia 29 de janeiro, 131.241 pessoas vacinadas.

Rio Grande do Norte (RN) – O estado possui uma página, a RN + Vacina, que registra 46.739 pessoas vacinadas. A página é uma espécie de cartão de vacinas virtual, onde é possível monitorar as doses aplicadas.

Natal – O município não possui um vacinômetro com informações sobre a aplicação do imunizante.

Rio Grande do Sul (RS) – O vacinômetro do estado informa que 168.921 pessoas foram vacinadas no estado.

Porto Alegre – O vacinômetro do município informa que 42.566 receberam a primeira dose da vacina.

Rondônia (RO) – O vacinômetro do estado registra que, até o dia 30 de janeiro, foram vacinadas 13.888 pessoas.

Porto Velho – O vacinômetro do município registra apenas as vacinas aplicadas nos profissionais de saúde. De acordo com a página, até o momento forma vacinados 2019 profissionais com a primeira dose do imunizante.

Roraima (RR) – O estado não possui um vacinômetro com informações sobre a aplicação das doses do imunizante. O Localiza SUS informa que 3.876 pessoas foram vacinadas no estado.

Boa Vista – O município não possui um vacinômetro.

Santa Catarina (SC) – O portal traz informações sobre a vacinação no Estado. De acordo com o boletim  até o dia 29 de janeiro foram 56.136 pessoas vacinadas com a primeira dose da vacina.

Florianópolis – O vacinômetro informa que 5681 pessoas foram vacinadas contra a covid-19 no município.

São Paulo (SP) – O governo do estado tem um vacinômetro que registra 413.611 pessoas imunizadas.

São Paulo – A capital não dispõe de um vacinômetro.

Sergipe (SE) – O dados sobre vacinação no estado podem ser obtidos acessando a página. De acordo com o boletim,  a cobertura vacinal mostra que 18.957 pessoas foram imunizadas até o dia 29 de janeiro.

Aracaju – O município não possui um vacinômetro.

Tocantins (TO) - No estado, os dados mais recentes do indicador, registrados em 29 de janeiro mostram que o estado aplicou 6.994 doses da vacina contra a covid-19.

Palmas – O município não possui um vacinômetro.