PUBLICIDADE
Saúde
NOTÍCIA

Check up: Médica explica como e quando fazer

Cuidados preventivos podem evitar problemas cardiovasculares, é o que explica a Dra. Thais Moreno

12:21 | 08/01/2021

Início de ano é um período propício para ver se a saúde está em dia. Para verificar se tudo está bem, é necessário uma série de exames clínicos, laboratoriais e de imagem. O POVO conversou com a médica cardiologista Thais Moreno sobre como, quais exames e com que frequência é necessário fazer um check up médico.

Thais destaca que exames gerais periódicos são importantes para que se tenha orientações de uma vida mais saudável. Ela lembra que "80% das doenças cardiovasculares, que são a principal causa de morte no mundo, são preveníeis com mudança de estilo de vida". A cardiologista ainda aponta a necessidade de corrigir "o abismo que existe entre a geriatria e a pediatria"; é importante ter acompanhamento médico para além dos extremos da vida.

O POVO - Quando fazer? É necessário procurar com alguma frequência?

Thais Moreno - É recomendado o check up anual a partir dos 40 anos, tanto para homens quanto para mulheres, mas é fundamental uma avaliação de rotina. Para todas mulheres a partir da primeira menstruação também para os homens, acima de 18 anos. O check up precisa ser iniciado antes quando é indicado algum fator de risco ou algum sintoma.

OP - Que exames fazer?

Thais - Os exames do check up são individualizados de acordo com a história clínica do paciente e com os antecedentes pessoais que eles trazem, mas alguns exames não podem ser esquecidos, como o hemograma, os exames do colesterol, a glicemia de jejum, os exames com que a gente vê a função do fígado, os exames da tireoide, um teste ergométrico, uma curva glicêmica, dependendo do paciente. Para mulheres acima dos 40 anos, a mamografia, o papanicolau, desde que tenha atividade sexual, e a colposcopia; já para os homens exames da próstata.

OP - O que podem ser observados nos exames?

Thais - Nós podemos avaliar os riscos cardiovasculares e de diabetes. Além de alguns tipos de cânceres que, quando se faz o diagnóstico cedo, a gente consegue tratar com um percentual de cura de quase 100%. Lembrando que 80% das doenças cardiovasculares, que são a principal causa de morte no mundo, são preveníeis com mudança de estilo de vida. É no check up que o médico vai dar essas orientações, além de avaliar o risco de o paciente em até 10 anos desenvolver alguma doença.

OP - Você percebe que o cearense dá prioridade para o check up e para a medicina preventiva?

Thais - Não é uma coisa do cearense, sabe? Atualmente, com essa correria, a gente deixa de lado os cuidados da saúde. Eu costumo falar que existe um abismo entre a pediatria e a geriatria: todos nós que temos filhos levamos eles no médico, temos nosso calendário vacinal totalmente em dia. Quando nossos filhos se tornam adultos eles entram para faculdade, eles precisam produzir. E aí só vamos nos preocupar de novo com a saúde quando vamos para a geriatria e começamos ter as consequências de não ter cuidado entre a pediatria e a geriatria.