PUBLICIDADE
Saúde
Noticia

Prefeitura espera 2º lote de vacina para retomar campanha em postos, escolas e Drive Vacina

Segundo lote de vacina contra gripe deve chegar na próxima semana em Fortaleza. O repasse é feito pelo Ministério da Saúde

Lais Oliveira
11:55 | 26/03/2020
Prefeitura de Fortaleza amplia medidas de vacinação contra a gripe para idosos. (Foto: Thais Mesquita/O POVO)
Prefeitura de Fortaleza amplia medidas de vacinação contra a gripe para idosos. (Foto: Thais Mesquita/O POVO) (Foto: Thais Mesquita)

Até que a Prefeitura de Fortaleza receba o segundo lote de vacinação contra gripe, haverá apenas a imunização domiciliar, com agendamento, por meio das equipes municipais. Em apenas quatro dias, a Capital alcançou a sua meta inicial com a vacinação de 140 mil pessoas. Nesta primeira fase, os idosos e os profissionais de saúde são a prioridade. No Ceará, a meta é imunizar 924.727 idosos, de acordo com a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

Idosos são grupo-alvo na primeira fase da campanha de vacinação contra a gripe.

Segundo Erlemus Soares, gerente da Atenção Primária à Saúde da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), existem mais de 100 equipes da Prefeitura trabalhando nas casas dos idosos. "Estamos na dependência de o Ministério da Saúde enviar o segundo lote. Vamos permanecer fazendo vacinação apenas com as equipes de home care (atendimento domiciliar)."

A expectativa para a chegada do segundo lote de vacinas é para o início da próxima semana. O repasse é feito pelo Ministério da Saúde. Até lá, os idosos acima de 80 anos e aqueles entre 60 e 70 anos que encontram-se acamados.

Por isso, a vacinação em postos, escolas e no sistema de Drive Vacina, que funcionava nos estacionamentos de shoppings e da Universidade de Fortaleza (Unifor), está suspensa momentaneamente.

A SMS já tem 22 mil idosos cadastrados e a meta é vacinar, em média, 3 mil diariamente.

Como entrar em contato com a Prefeitura

Os nomes cadastrados na base de dados dos usuários do programas Saúde da Família e Melhor em Casa já estão contemplados no atendimento domiciliar. Caso o idoso ainda não possua cadastro, é possível entrar em contato com a Prefeitura pelo número de WhatsApp (85) 99989 4799, encaminhando o nome completo do idoso, idade, endereço e contato de telefone. Uma equipe fará a visita para a aplicação da vacina. O número não funciona para ligações.