PUBLICIDADE
Saúde
Fortaleza

Gestante de gêmeos perde bebê após falência renal e outro está na UTI; doença rara seria causa

A médica recém-formada Anny Gabrielly Pontes Rocha esperava dois meninos quando desenvolveu quadro grave de falência de órgãos

14:40 | 08/05/2018
Atualizada às 15h30min
 
Anny Gabrielly Pontes Rocha, 30, estava grávida de gêmeos, em sua primeira gestação, quando foi internada em estado grave com falência nos rins e em metade do fígado na última quarta-feira, 2. Após complicações no quadro, no sábado, 5, a paciente precisou de cesárea emergencial. Um dos bebês acabou morrendo.

Em entrevista ao O POVO Online, o irmão de Anny, Ivo Rocha, conta que a gravidez da médica recém-formada era perfeitamente normal até ela começar a sentir inchaço no corpo e falta de ar. "Tudo aconteceu muito rápido. Ela precisou de diálise ainda com os bebês dentro, na quarta-feira. Até sexta, eles estavam bem", diz Ivo. Entretanto, no sábado, os médicos tiveram que fazer o parto com urgência, mas um dos bebês morreu e o outro teve complicações e está na UTI, contou o irmão de Anny.
Tomografia aponta que Anny teria desenvolvido doença rara chamada Esteatose Hepática Aguda da Gravidez. A condição faz acumular gordura no fígado e geralmente aparece no terceiro trimeste da gestação. Mesmo sem uma confirmação, médicos à frente do caso acreditam na possibilidade.

Internada há quase uma semana, Anny desenvolveu choque séptico, infecção generalizada que causa falência de órgãos e deixa a pressão arterial baixa. Atualmente, ela faz diálise (tratamento que auxilia na filtração de líquidos, já que os rins estão comprometidos) e recebendo doação de sangue. "Ela é A+, mas está recebendo todos os tipos sanguíneos, pois além de precisar do sangue, também precisa dos outros componentes existentes nele", informa Ivo Rocha.

Em publicação no Instagram, a família pede ajuda para que "todos se unam em uma corrente do bem pedindo a Deus que nos traga ela de volta com toda sua alegria e saúde de sempre". 

Doações de sangue

Fujisan - Banco de sangue:
 
Barão de Studart, 2626, Dionísio Torres
Telefone: (85) 4009 6977
Horário: Segundo à sexta 7h30min às 17h30min 
Sábado de 7h30min às 13h30min

As doações também podem ser feitas nos hemocentros e postos de coleta do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce).

Sede Hemoce:

7h30min às 18h30min, de segunda à sexta-feira
8 às 16 horas, aos sábados
Telefone: (85) 3101 2296

Posto de Coleta do Instituto Dr. José Frota (IJF)

7h30min às 18h30min, de segunda à sexta-feira
13 às 17h30min, nos sábados, domingos e feriados
Telefone: (85) 3101 5293

Posto de Coleta - Praça das Flores - Aleota
 8 às 14 horas, de quinta-feira à sábado
 

MATHEUS FACUNDO