PUBLICIDADE
Notícias

Posts contra o relatório da OMS ganham destaque nas redes sociais

Após a informação de que alimentos processados causam câncer, vários fãs dos alimentos deram origem à uma campanha nas redes sociais

11:33 | 28/10/2015
NULL
NULL

Nesta segunda-feira, 26, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um estudo em que apontava que carnes processadas, como salsichas, linguíças e bacon, ao serem consumidos em grande quantidade podem cancerígenos. Desagradando muitos fãs destes tipos de alimento, vários internautas utilizaram as redes sociais para contestar o estudo.

Utilizando hashtag, como #FreeBacon, #Bacongeddon e #JesuisBacon foram compartilhadas dando início a uma campanha global. Com vários retweets, o assunto ficou entre os mais comentados no Twitter mundial.

[SAIBAMAIS 1]

Consumidor frequente de alimentos processados, o ministro da agricultura austríaca, Andrae Rupprechter, compartilhou em seu perfil oficial na rede social uma foto em que aparece segurando um prato de carnes frias. Como legenda da imagem, o político afirmou que a pesquisa não passa de uma "farsa".

[VIDEO1]

 

 

Quase três dias após a divulgação do relatório da OMS, o Twitter registrou que os comentários em que apontavam críticas ao estudo ultrapassavam o número de elogios.

 

Redação O POVO Online

TAGS