PUBLICIDADE
Notícias

Câncer de próstata já atingiu 60 mil homens; doença é responsável por cerca de 14 mil óbitos

Para buscar a prevenção e a conscientização do câncer de próstata, o mês de novembro é dedicado à campanha %u2018Novembro Azul%u2019, a qual tem como meta alertar sobre os riscos da doença que prejudica homens

16:06 | 10/11/2014

O câncer de próstata já atingiu 60 mil homens e foi o responsável por cerca de 14 mil óbitos, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Nos Estados Unidos, em 2010, foram 190 mil homens que sofreram da doença, uma das neoplasias mais comuns nos homens.

Para buscar a prevenção e a conscientização do câncer de próstata, o mês de novembro é dedicado à campanha ‘Novembro Azul’, a qual tem como meta alertar sobre os riscos da doença que prejudica homens com mais de 65 anos em 75% dos casos.

De acordo com Bernardo Passos Sobreiro, médico urologista de Ponta Grossa, ainda não é possível conhecer fatores específicos que apresentem a progressão do câncer de próstata.

“Existem evidências consideráveis que fatores genéticos e ambientais estão envolvidos. Trabalhos demonstraram que o câncer de próstata possui forte componente hereditário. Homens que possuem parente em primeiro grau com câncer de próstata apresentam duas vezes mais risco de desenvolver a doença. Quando dois parentes de primeiro grau têm diagnóstico de câncer de próstata esse risco é cinco vezes maior e quando três parentes em primeiro grau apresentam neoplasia maligna de próstata o risco é 11 vezes mais elevado”, explica.

Sobreiro afirma ainda o número de mortes por câncer de próstata está associada ao consumo de gordura animal. “Acredita-se que o consumo de gordura animal eleva o risco para câncer de próstata por aumentar os níveis de andrógenos e a produção de radicais livres. Além disso, produtos do metabolismo de ácidos graxos podem ter efeito carcinogênico”, comenta.

 

Redação O POVO Online

TAGS