Participamos do

Mais tarefas domésticas, menos relações sexuais para os homens

Existe um tipo de cenário sexual bem definido para cada gênero, no qual a gestão segundo o gênero é importante para o desenvolvimento do desejo sexual", afirma Sabino Kornrich
12:00 | Jan. 30, 2013
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Quanto mais tempo um homem casado se dedica às tarefas domésticas, como cozinhar, menos relações sexuais tem com sua esposa, segundo um estudo divulgado no número de fevereiro da Revista americana de Sociologia.

O contrário ocorre quando o marido se dedica ao jardim ou ao seu automóvel, segundo as conclusões do relatório, que destaca "a importância dos papéis tradicionalmente concedidos a cada um dos sexos" e sua influência na frequência das relações sexuais em um casamento heterossexual.

Existe um tipo de cenário sexual bem definido para cada gênero, no qual a gestão segundo o gênero é importante para o desenvolvimento do desejo sexual", afirma Sabino Kornrich, pesquisador do Instituto Juan March de Madri, que realizou o estudo junto às sociólogas da Universidade de Washington Julie Brines e Katrina Leupp.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Mas as conclusões do estudo, que se baseia nas respostas de 7.002 entrevistados, não deve levar os homens a deixar de ajudar na manutenção do lar: "Rejeitar participar das tarefas domésticas provoca conflitos no casal e a insatisfação das esposas".

AFP

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente