Interventor em Roraima vai priorizar salários atrasados
PUBLICIDADE
Notícias


Interventor em Roraima vai priorizar salários atrasados

12:30 | 10/12/2018
Um dia antes de comparecer ao encontro marcado com o presidente da República Michel Temer nesta terça-feira, 11, em Brasília, o governador eleito de Roraima, Antônio Denarium (PSL) assumiu o Estado como interventor federal nomeado. A transição ocorreu na manhã desta segunda-feira, 10, no Palácio Senador Hélio Campos.

O decreto foi publicado nesta segunda no Diário Oficial da União (DOU) e segundo o documento, a intervenção vai vigorar até o dia 31 de dezembro. Em 1º de janeiro, se inicia o mandato de quatro anos de Denarium.

Em conversa com a imprensa, o novo interventor afirmou que vai priorizar salários, apesar dos R$ 200 milhões prometidos pelo governo federal não serem suficientes para quitar a folha de pagamento do funcionalismo público que está atrasada há três meses.

Servidores estaduais estão desde setembro sem receber, quartéis da PM foram fechados por mulheres de militares e agentes penitenciários pararam. Policiais civis, que também tinham paralisado suas atividades, voltaram ao trabalho, mas apenas uma delegacia da capital Boa Vista está funcionando. Desde novembro, falta combustível para policiais militares e civis e a Polícia Militar de Roraima conta com apenas sete viaturas para realizar o policiamento ostensivo em Boa Vista.

O Estado também enfrenta crise no sistema prisional, que já estava sob intervenção desde outubro, crescimento de facções criminosas, salto no índice de homicídios e a chegada em massa de venezuelanos.

Agência Estado

TAGS