Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Haddad critica proposta de Bolsonaro que estabelece imunidade para policiais

16:20 | Out. 17, 2018
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

O candidato do PT ao Palácio do Planalto, Fernando Haddad, criticou a proposta do seu adversário no segundo turno da eleição presidencial, Jair Bolsonaro (PSL), de estabelecer um "excludente de ilicitude" para policiais que matem suspeitos. O candidato do PSL propõe que agentes que agirem em legítima defesa não respondam criminalmente. Para Haddad, a proposta é inconstitucional.

"Essa licença para matar dificilmente vai passar pela Constituição", disse Haddad, em coletiva de imprensa. Para o petista, Bolsonaro vai ter que "enfrentar" o Ministério Público se quiser colocar a medida em vigor em um eventual governo.

Criticando o adversário, Haddad disse ainda que vai respeitar a lista tríplice do Ministério Público para a escolha do procurador-geral da República, indicado pelo presidente. "De preferência o mais votado, mas sempre da lista tríplice", destacou.

Ainda hoje, Haddad admitiu que esperava um apoio mais contundente do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB). "Quando ele falou que tinha uma porta eu ouvi isso com alguma esperança. Só soube que ela estava enferrujada hoje, então ele está aos poucos contando toda a história", disse Haddad.

Agência Estado

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Juliette anuncia lançamento de primeiro EP com músicas inéditas

6 faixas
17:57 | Ago. 05, 2021
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Depois de obter sucesso por participar no Big Brother Brasil, Juliette anuncia seu primeiro projeto musical. Ela terá um EP com seis faixas inéditas, com lançamento previsto ainda para este semestre.

“Eu sempre gostei de música e de cantar. A arte tem um espaço especial no meu coração. É uma emoção gigante criar esse projeto, meu primeiro, ao lado de pessoas tão importantes e talentosas. Construir todo esse meu universo é um sonho. Estou contando as horas para poder dividir isso com todo mundo”, disse a influenciadora em material divulgado para a imprensa.

O trabalho está sendo produzido pela Rodamoinho Records, em parceria com a Virgin Music Brasil. No disco, haverá músicos conhecidos do cenário musical, mas os nomes ainda não foram revelados.

Juliette ganhou proeminência no meio após cantar várias músicas diferentes no reality show deste ano. Depois de vencer a edição do programa, já se apresentou ao lado de Gilberto Gil, Wesley Safadão e outros.

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

TCU vê risco de desabastecimento no Brasil com venda de refinarias da Petrobras

ECONOMIA
17:53 | Ago. 05, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Tribunal de Contas da União (TCU) concluiu ver risco ao desenvolvimento e à reorganização do mercado de refino de petróleo no Brasil com os desinvestimentos da Petrobras, após uma auditoria para verificar como o governo federal tem atuado para reorganizar o mercado nacional de refino de petróleo, tendo em vista a venda de oito refinarias da estatal.
"O pleno abastecimento de todos os mercados regionais de combustíveis também corre riscos. Ambas as situações ocorrem tendo em vista os desinvestimentos em curso no âmbito da estatal Petrobras", concluiu a auditoria que teve como relator o ministro Walton Alencar Rodrigues.
De acordo com o diretor Financeiro da Petrobras, Rodrigo Araújo, porém, a constatação do TCU não tem relação direta com o processo de desinvestimento da companhia, e sim com a reorganização do setor.
"A gente continua comprometido com o processo de abertura do mercado de refino, abertura para um mercado competitivo que demanda uma série de adaptações, e é algo natural que passe a um movimento de adaptação. É parte de um movimento saudável de abertura de mercado", disse o diretor durante coletiva de imprensa para comentar o balanço da estatal no segundo trimestre deste ano.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Poupança tem captação líquida de R$ 6,37 bilhões em julho

Economia
17:49 | Ago. 05, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Impulsionada pela nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial e pela alta recente nos juros, a aplicação financeira mais tradicional dos brasileiros registrou o quarto mês seguido de desempenho positivo. Em julho, os brasileiros depositaram R$ 6,37 bilhões a mais do que sacaram na caderneta de poupança, informou hoje (5) o Banco Central (BC).

Apesar do desempenho positivo, a captação é inferior à registrada em julho do ano passado. Naquele mês, os brasileiros tinham depositado R$ 28,14 bilhões a mais do que retiraram da poupança.

Com o desempenho de julho, a poupança acumula retirada líquida de R$ 10,16 bilhões nos sete primeiros meses do ano. Esta é a maior retirada acumulada para o período semestre desde 2019, quando os saques tinham superado os depósitos em R$ 16,1 bilhões.

O principal responsável pelo resultado positivo na poupança foi a retomada do pagamento do auxílio emergencial. A Caixa Econômica Federal depositou o dinheiro em contas poupança digitais, que acumulam rendimentos. Nesta rodada, o benefício paga parcelas de R$ 150, R$ 250 e R$ 375 por mês, dependendo da família do beneficiário.

No ano passado, a poupança tinha captado R$ 166,31 bilhões em recursos, o maior valor anual da série histórica. Além do depósito do auxílio emergencial nas contas poupança digitais ao longo de oito meses em 2020, a instabilidade no mercado de títulos públicos nas fases mais agudas da pandemia de covid-19 atraiu o interesse na poupança, mesmo com a aplicação rendendo menos que a inflação.

Rendimento

Com rendimento de 70% da Taxa Selic (juros básicos da economia), a poupança rendeu apenas 1,72% nos 12 meses terminados em julho, segundo o Banco Central. No mesmo período, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), considerado prévia da inflação, atingiu 8,59%. O IPCA cheio de julho será divulgado na próxima terça-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A perda de rendimento da poupança está atrelada a dois fatores. O primeiro são os juros baixos. Atualmente a taxa Selic (juros básicos da economia) está em alta, e ontem (4) foi elevada para 5,25% ao ano. O segundo fator foi a alta nos preços dos alimentos e do dólar, que impacta a inflação desde o segundo semestre do ano passado. Mesmo assim, as recentes elevações na Selic estão voltando a atrair o interesse do brasileiro na caderneta.

Para este ano, o boletim Focus, pesquisa com instituições financeiras divulgada pelo Banco Central, prevê inflação oficial de 6,79% pelo IPCA. Com a atual fórmula, a poupança renderia pouco menos de 3,675% este ano, caso a Selic permanecesse em 5,25% durante todo o ano. O rendimento pode ser um pouco maior caso o Banco Central continue a aumentar a taxa Selic nas próximas reuniões do Comitê de Política Monetária.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Covid-19: julho teve distribuição de 43 milhões de doses de vacinas

Saúde
17:49 | Ago. 05, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No mês de julho, foram distribuídas mais de 43 milhões de vacinas contra a covid-19. Foi o maior resultado desde o início da campanha de imunização. Até agora, o Ministério da Saúde e os laboratórios responsáveis por vacinas já distribuíram 184 milhões de doses a estados e municípios, com aplicação de 147 milhões de doses.

O balanço foi apresentado pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante cerimônia de entrega das medalhas da Ordem do Mérito Médico e de Mérito Oswaldo Cruz, realizada hoje (5) no Palácio do Planalto.

Queiroga também destacou o Dia da Saúde para ressaltar o papel fundamental dos profissionais da área e do Sistema Único de Saúde (SUS) no combate à pandemia no país, especialmente no desenvolvimento e aplicação de vacinas.

“Tivemos a emergência de saúde pública da covid-19 que abalou nossa sociedade e impôs mudanças de hábito. Ao mesmo tempo, impulsionou esforços coletivos para desenvolver, produzir e distribuir vacinas e produtos médicos em tempo recorde”, declarou.

O titular do Ministério destacou a construção do novo complexo industrial de biotecnologia em saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Para ele estão previstos investimentos de R$ 3,4 bilhões. De acordo com Queiroga, o projeto permitirá quintuplicar a capacidade de produzir vacinas e imunobiológicos.

Presidente

O presidente Jair Bolsonaro agradeceu aos profissionais de saúde, mencionando episódios que vivenciou, como o ataque durante uma atividade a campanha presidencial de 2018 na cidade de Juiz de Fora (MG) e que demandou internações e cirurgias.

Dois médicos envolvidos no tratamento do presidente nesse episódio, Antônio Macedo e Luiz Henrique Silva, estiveram entre os que receberam medalhas do Mérito Oswaldo Cruz na cerimônia.

“Muito obrigado a todos os profissionais de saúde pela vida difícil que têm. Vocês nos confortam. A vocês todos médicos, gratidão. Devo muito a vocês dois”, disse o presidente, em referência aos profissionais que o trataram.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Rejeitada emenda que elevava tempo de estabilidade para funcionários dos Correios

ECONOMIA
17:47 | Ago. 05, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Câmara dos Deputados rejeitou por 263 votos a 160 uma emenda apresentada pelo PT ao PL dos Correios que aumentava de um ano e meio para cinco anos a previsão de estabilidade dos funcionários da estatal assim que ela for privatizada.
O texto-base foi aprovado no período da tarde desta quinta-feira pelo plenário da Câmara.
Após o plenário finalizar a deliberação dos destaques, a proposta poderá seguir para apreciação do Senado.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags