PUBLICIDADE
Notícias

Barbosa mandou WhatsApp para governador de PE avisando da desistência

13:20 | 08/05/2018
O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa avisou previamente às principais lideranças do PSB que não seria candidato à Presidência da República pelo partido, antes de comunicar oficialmente a decisão pelo Twitter.

Logo no começo da manhã desta terça-feira, 8, Barbosa ligou para o presidente nacional do partido, Carlos Siqueira. Também enviou uma mensagem de texto por WhatsApp para o governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

O governador é uma das principais lideranças do PSB pernambucano, uma das alas mais influentes da legenda.

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo publicada no último sábado, 5, Câmara afirmou que Barbosa precisava "se apresentar" à população, pois o "povo não vai eleger um presidente sem conhecer suas ideias".

Herdeiro político de Eduardo Campos, o governador pernambucano tenta atrair o PT para uma aliança em torno de sua futura candidatura à reeleição. Mesmo assim, ele disse que os projetos regionais do PSB não impediam uma candidatura própria do partido ao Planalto.

Agência Estado

TAGS