PUBLICIDADE
Política

Após aparição na TV, Huck volta a negar candidatura

07:10 | 11/01/2018
O apresentador Luciano Huck voltou a negar publicamente que irá se candidatar à Presidência da República em 2018. Após ser entrevistado no Programa do Faustão, da TV Globo, exibido no domingo, 7, o funcionário da emissora foi novamente alvo de especulações como possível nome para uma candidatura de centro-direita. Huck usou uma rede social nesta quarta-feira, 10 para rejeitar essa possibilidade.

"Em tempos de terra arrasada na política brasileira, muita gente ouve o que quer, e não o que foi dito. Assim sendo, vale repetir: como já me posicionei anteriormente, não sou candidato a nada. Sigo de onde estou tentando ser uma voz potente apoiando fortemente a tão necessária e esperada renovação política no Brasil", escreveu.

Huck comentou, pela rede social, que os "ecos" da sua participação no programa "seguem reverberando". "Como é um assunto sobre o qual poucas vezes opinei na TV, especulações de todo tipo voltaram a circular em torno do meu nome", disse, antes de reforçar que continuará atuando em movimentos cívicos para "oxigenar a política brasileira com novas cabeças, novas ideias e, principalmente, novas práticas". Na entrevista, o apresentador fez declarações que tem sido interpretadas como a fala de um candidato.

Gravação

A presença de Huck no programa de domingo foi gravada em 11 de novembro, portanto, antes da publicação no jornal "Folha de S.Paulo", no dia 27 daquele mesmo mês, do artigo em que o próprio apresentador afirmava que não concorreria à Presidência.

A informação foi publicada pelo site UOL e confirmada pelo jornal O Estado de S. Paulo. Além disso, a gravação também ocorreu antes da divulgação da pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos, pelo Estado, no dia 23 de novembro, na qual Huck aparecia como o mais bem avaliado em termos de imagem junto ao eleitor. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Agência Estado