Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Após prisão de Milton Ribeiro, atual ministro da Educação é alvo de protesto em Iguatu

Manifestantes exibiram faixas com frases como "Educação não é mercadoria". Também gritaram "fora, Bolsonaro". Eles protestavam contra as polêmicas que envolvendo denúncia de corrupção no MEC

O ministro da Educação Victor Godoy foi recebido com protestos na manhã desta quinta-feira, 23, em Iguatu, no interior do Ceará. O titular da pasta visitava o município para assinar um protocolo para a instalação do Curso de Medicina no Instituto Federal do Ceará (IFCE) na região. 

Nas redes sociais, veículos de imprensa da região afirmam terem sido impedidos de entrar no local, onde estavam concentrados manifestantes exibindo faixas com frases como "Educação não é mercadoria". Também gritaram "Fora, Bolsonaro". Nas redes sociais, a visitado titular do MEC chegou a ser divulgada na página do IFCE Iguatu, no Instagram.

Em nota, o IFCE de Iguatu disse o protesto realizado pelos estudantes foi pacífico e por uma "causa legítima", após os recentes bloqueios no orçamento da Educação. "No entanto, O IFCE ressalta que toda a logística da visita do ministro da Educação ao campus Iguatu do IFCE foi organizada pelo próprio Ministério, sem interferência do Instituto, uma vez que uma visita dessa natureza segue ritos protocolares e de segurança do próprio Ministério", escreveu a instituição.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Uma das fontes ouvidas pelo O POVO reforçou que alguns estudantes se manifestaram usando cartazes e faixas, de forma pacífica. Após a polícia conter os atos, o ministro da Educação negou pedido da imprensa para entrevistá-lo. O deputado federal Nelho Bezerra (União), aliado do governo federal e presente no evento, também não se manifestou sobre o assunto.

Nas redes sociais, a visita de Godoy chegou a ser anunciada por Nelho Bezerra. Na publicação, o parlamentar diz que a obra representa uma "grande vitória para a população do Centro-Sul", e fez um agradecimento especial ao pré-candidato ao Palácio da Abolição e presidente do UB-CE, Capitão Wagner, chamado por ele de "futuro governador". No Ceará, Wagner é aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL).

"É um projeto inovador que vai naturalmente ser estudado e com todas as suas necessidades de avaliação. Tem um investimento que o deputado Nelho Bezerra está fazendo aqui na região de R$ 9 milhões, aqui no Instituto Federal pra poder ampliar os laboratórios, fazer toda a preparação, porque  um curso de Medicina não se implanta sem toda uma estrutura, sem toda uma verticalização que é importante", disse Victor Godoy ao jornal A Praça

Também participaram do encontro reitor do IFCE, Wally Menezes, o diretor-geral do Campus Iguatu, Francisco Heber, o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Tomás Sant'ana, a secretária de Regulação e Supervisão Superior do MEC, Diana Azin, o prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, além de outras autoridades da região.

Os estudantes presentes no ato protestavam contra as polêmicas envolvendo denúncia de corrupção no MEC. O esquema teria a participação do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, preso nesta quarta-feira, 22, pela Polícia Federal

Ele teria permitido que os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, que não tinham cargo público, cobrassem propina de prefeitos em troca da liberação de verbas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao MEC.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar