Participamos do

Aécio Neves: "PSDB foi egoísta, traiu Doria e implodiu 3ª via"

"O PSDB não se colocou à altura do papel que deveria estar desempenhando", disse o deputado mineiro
18:14 | Mai. 14, 2022
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Candidato do PSDB à Presidência na eleição de 2014, o deputado Aécio Neves (MG) disparou neste sábado, 14, diversas críticas à atuação do presidente nacional do partido, Bruno Araújo (PE), no processo de construção da candidatura tucana ao Planalto.

Em entrevista à Folha de São Paulo, o parlamentar disse que Araújo trabalhou para que o ex-governador de São Paulo, João Doria (SP), não saísse candidato à Presidência mesmo após ter vencido prévias no partido. "O Doria sempre foi o bode que precisava ser retirado da sala para viabilizar a candidatura de Rodrigo Garcia", disse Aécio.

Segundo o deputado mineiro, Araújo estaria trabalhando mais como “advogado” de Garcia, sucessor de Doria no governo de São Paulo, do que como líder nacional do PSDB. Na fala, o parlamentar ainda culpa o partido por uma “implosão” de uma candidatura de terceira via – fora da polarização entre Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL) – na eleição deste ano.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“Tudo que estamos vivendo hoje é consequência de equívocos que foram cometidos. A terceira via implodiu pelo pragmatismo de uns e pelo egoísmo do PSDB. Você não pode cobrar que um partido como o União Brasil, recém-fundado, lidere um projeto nacional”, diz.

“O PSDB não se colocou à altura do papel que deveria estar desempenhando. O próprio presidente [do partido,] Bruno Araújo, optou por ser muito mais advogado dos interesses da candidatura de Rodrigo Garcia [para o Governo de São Paulo] do que presidente nacional do PSDB, um partido que poderia estar liderando a terceira via”, continua.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar