Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Michelle faz pronunciamento de Dia das Mães com propaganda de ações para mulheres

A imagem de Michelle tem sido mais explorada na pré-campanha de Jair Bolsonaro à reeleição, a partir da orientação da equipe de marketing do presidente e de conselheiros políticos

A primeira-dama Michelle Bolsonaro usou um pronunciamento de Dia das Mães em rede nacional de TV, neste domingo, 8, para divulgar ações do governo voltadas às mulheres. O presidente Jair Bolsonaro (PL), que tentará a reeleição, tem enfrentado resistência nesse segmento do eleitorado, segundo pesquisas de intenções de voto.

Michelle apareceu na TV em vídeo gravado e transmitido ao lado de ministra Cristiane Britto, da pasta da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Elas ficaram cerca de 4 minutos no ar.

"Por conhecer os desafios da maternidade, temos o compromisso de cuidar das mães do nosso País. Nesse sentido, o governo federal tem implementado uma série de ações que beneficiam as mães brasileiras", afirmou a primeira-dama.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Entre as iniciativas citadas como algumas das que priorizam mulheres, ambas citaram o Auxílio Brasil, a regularização fundiária e programas habitacionais e de ofertas de crédito. A imagem de Michelle tem sido mais explorada na pré-campanha de Jair Bolsonaro à reeleição, a partir da orientação da equipe de marketing do presidente e de conselheiros políticos.

Uma pesquisa XP/Ipespe divulgada na última sexta-feira, 5, apontou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera as intenções de voto com 44%, e Bolsonaro tem 31% das intenções de voto. Entre as mulheres, a vantagem do petista se amplia: 47% a 25%.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar