Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Michelle segue estratégia e discursa no lugar de Bolsonaro em evento no Planalto

Em um ato inusitado, o discurso final de cerimônia desta segunda-feira, 25, no Palácio do Planalto coube à primeira-dama Michelle Bolsonaro - e não ao presidente Jair Bolsonaro (PL), como de costume. O chefe do Executivo sequer se pronunciou no evento para marcar a conscientização da Fibrodisplasia Ossificante (FOP), uma doença rara.

A participação de Michelle vem no momento em que o comitê de campanha de Bolsonaro cobra mais participação da primeira-dama no governo e nas atividades políticas, como forma de reduzir a rejeição do presidente no eleitorado feminino. A solenidade no Planalto foi rápida e também contou com a presença do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Michelle agradeceu ao ministro "pelo olhar sensível" e por "ouvir as famílias" de quem tem o diagnóstico de FOP.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em ato publicado hoje, o governo institui o Dia de Conscientização da Fibrodisplasia Ossificante (FOP), que será celebrado todo dia 23 de abril. "O diagnóstico precoce, na sala de parto ou nas primeiras consultas pediátricas, pode ajudar a reduzir o impacto da doença sobre a vida e desenvolvimento da criança", diz nota do ministério da Saúde.

Também conhecida como miosite ossificante progressiva, a FOP é uma doença incurável que incide uma em 1,4 milhão de pessoas na qual os músculos e o tecido conjuntivo são gradativamente substituídos por tecido ósseo.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar