Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

No CE, Leite diz que País precisa de união e defende 'melhor caminho'

O ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB) disse que o Brasil precisa de união para enfrentar problemas que atingem principalmente os mais pobres. "Não podemos aceitar que presidente da República diga que temos uma guerra interna e que declare guerra contra seu próprio povo por conta de inimigos internos. Não está certo. Não é justo. Não é correto. E ainda é um grande equívoco abrirmos essa conflagração no nosso País quando precisamos de união para enfrentar problemas que atingem principalmente os mais pobres", disse Leite em um evento na quarta-feira em Fortaleza (CE). Ele estava acompanhado do senador e ex-governador do Ceará Tasso Jereissati (PSDB).

Leite afirmou ainda que, em outubro, o País escolherá mais do que um governante para os próximos quatro anos. "O Brasil estará decidindo que tipo de política nós vamos fazer: a que busca unir ou a que divide, a que busca cicatrizar as feridas ou vai aprofundá-las, dividindo a sociedade", disse.

O ex-governador defendeu que neste cenário não há o direito de omissão. "Acreditem que é possível apresentar um caminho de paz, de fraternidade e respeito à pluralidade da população, de eficiência, de reformas, de cuidado com a economia do País. Podemos escolher isso. Não precisamos escolher o menos pior. Podemos escolher o melhor caminho", alegou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar