Participamos do

Adail rebate fala de Izolda: "Respondo pelas minhas ações"

Questionado sobre a avaliação que fazia da governadora, o vereador afirmou ser uma pessoa "excelente", mas para o governo não esconde sua predileção por Roberto Cláudio
23:01 | Abr. 11, 2022
Autor Maria Eduarda Pessoa
Foto do autor
Maria Eduarda Pessoa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Ao O POVO, o vice-presidente da Câmara de Fortaleza, vereador Adail Júnior (PDT), reiterou sua defesa ao nome de Roberto Cláudio (PDT) para a disputa pelo Governo do Estado. Adail respondeu ainda à fala da governador Izolda Cela (PDT), que afirmou que "cada um responde pelas suas visões e pelas suas palavras" ao comentar o movimento que o parlamentar tem feito para que o ex-prefeito de Fortaleza seja o nome do PDT na chapa governista. 

"Respondo pelas minhas ações, pelos meus atos e pelo que eu falei e não retiro uma vírgula", disse Adail. Questionado sobre a avaliação que fazia da governadora, ele afirmou ser uma pessoa "excelente", mas para o governo não esconde sua predileção por Roberto Cláudio.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em vídeos divulgados na última sexta-feira, 8, e no domingo, 10, o pedetista defendeu Roberto Cláudio como o futuro candidato do partido. Nas imagens, o parlamentar chega inclusive a chamar Izolda de "petista" como uma forma de minimizar sua possível candidatura.

"Lembrando o que aconteceu em 2012, quando era a vez do PT de indicar o candidato a prefeito de Fortaleza, ele disse o que? Disse 'quem indica somos nós, não tem interferência não', e botaram o Elmano (Freitas, hoje deputado estadual). E eles tinham razão, tinha que ser quem eles queriam mesmo. Só que agora estamos em lados opostos nisso, agora nós pedetistas que temos que colocar quem a gente quer ali, tem negócio de ouvir o PT não", diz o vereador, que questiona ainda uma possível "subordinação" do PDT ao PT.

Sobre a declaração, ele disse ainda que apenas levantou algo que o vice-presidente do PT, José Guimarães, havia afirmado. Na semana passada, o deputado federal declarou que a depender do nome escolhido pelos pedetistas, o PT pode "discutir candidatura própria". Simpático ao nome de Izolda para a sucessão do ex-governador Camilo Santana (PT), Guimarães disse em entrevista ao Valor Econômico que o partido "não vai para qualquer aventura”.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar