Participamos do

Cid Gomes sobre aliança com MDB de Eunício: "Espero que venha"

Senador comentou o amplo arco de alianças dos trabalhistas no Ceará com vistas para as eleições de outubro próximo
18:27 | Abr. 04, 2022
Autor Vítor Magalhães
Foto do autor
Vítor Magalhães Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O senador Cid Gomes (PDT) comentou o amplo arco de alianças dos trabalhistas no Ceará com vistas nas eleições de outubro. Dentre os pontos citados, Cid falou sobre o MDB, liderado no Ceará pelo ex-senador Eunício Oliveira, personagem que é rompido com Ciro Gomes (PDT) e com quem acumula troca acusações e ações judiciais.

Ao ser perguntado sobre pretensões de siglas como PT e PSD de pleitear a vice na chapa pedetista para o governo do Estado, Cid destacou que as decisões são coletivas. “É legítima e natural qualquer pretensão e disposição de compor uma chapa. Temos que ter em mente que somos um arco de alianças e temos que fazer isso da forma mais dialogada possível”, declarou, reforçando que no que depender dele as alianças estão consolidadas.

 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Questionado sobre o posicionamento do MDB Ceará nas eleições de 2022, Cid disse esperar que a sigla componha com o PDT. “Espero que venha. Eu espero que venha. Quem pode falar melhor é o presidente Eunício Oliveira (MDB)”, afirmou no dia da posse da governadora Izolda Cela (PDT).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade.

Aceitar