Participamos do

Modalmais/AP Exata: Governo tem 52,7% de menções negativas e 26,6% positivas

19:57 | Mar. 25, 2022
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Pesquisa semanal do Modalmais com a AP Exata divulgada nesta sexta-feira (25) mostra que 52,7% das pessoas nas redes avaliam a gestão do presidente Jair Bolsonaro (PL) como ruim ou péssima (0,1 ponto porcentual a mais do que na semana passada). Os que avaliam gestão como ótima são 26,6% (0,7% a mais). E os que classificam o governo como regular são 20,7% (0,7% a menos).

As menções positivas ao presidente Jair Bolsonaro (PL) nas redes sociais ultrapassaram as negativas pela primeira vez desde janeiro, estimuladas pelo aniversário do chefe do Executivo na segunda-feira (21). No entanto, a partir de terça-feira (22), as publicações desfavoráveis a sua imagem voltaram a exceder os 60%. A revelação feita pelo Estadão sobre a existência de um gabinete paralelo no Ministério da Educação (MEC) esteve no centro das discussões.

Como mostrou o Estadão, o MEC abriga um gabinete paralelo, com dois pastores que controlam a agenda do ministro da Educação, Milton Ribeiro, e indicam prefeituras para a liberação de verbas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A repercussão do caso gerou impacto à imagem de Bolsonaro, que passou a ter seu nome envolvido em publicações sobre "corrupção" e "educação". Após o chefe do Executivo se pronunciar em defesa de Ribeiro, os apoiadores passaram a reduzir efeitos negativos. No entanto, o assunto continua em voga nas redes sociais. Nesta sexta-feira (25), 46,8% das conversas sobre o Presidente ainda ligam o seu nome ao esquema.

Menções aos Presidenciáveis

Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seguem dominando as redes e somam 87% do total de menções aos presidenciáveis no Twitter. Bolsonaro tem 41,5% das menções e Lula, 45,5%. O ex-juiz Sergio Moro (Podemos) segue em terceiro, com 8,2%, seguido de Ciro Gomes (PDT), com 3,4%.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar