Participamos do

"Rebeldia" na candidatura de Ciro traduz candidato que fala o que pensa, analisa deputado

Segundo o deputado, ainda existe uma parcelam da população que votou em Bolsonaro "por ser enganada por promessas que foram feitas e hoje não foram cumpridas"
13:28 | Jan. 26, 2022
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O deputado federal Denis Bezerra (PSB-CE) analisa que a referência a rebeldia no slogan de Ciro Gomes (PDT) é uma forma de expressar a personalidade de um político conhecido pelas palavras muitas vezes duras e pelo tom incisivo. O slogan do pedetista é: "Rebeldia da esperança".

"É interessante porque puxa toda essa atitude mais firme do Ciro nas palavras e traduz em duas palavras tudo aquilo que ele representa e pensa. Ele é uma pessoa muito autêntica. Acredito que essa pegada de fazer críticas ao governo e ao ex-presidente Lula, para quem está na busca de se viabilizar como terceira via, está correta", avalia o parlamentar ao programa Jogo Político, nessa terça-feira, 25. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Bezerra comentou as negociações entre o PSB e o PT para que Geraldo Alckmin eventualmente se filie ao PSB e possa ser indicado vice de Luiz Inácio Lula da Silva. O deputado considera Ciro o melhor candidato, mas entende que dificilmente será rompida a polarização entre Lula e o presidente Jair Bolsonaro. Apesar disso, ele afirmou que o partido já foi informado de que, mesmo que haja acordo entre Lula e o PSB, ele apoiará Ciro no Ceará.

Segundo o deputado, ainda existe uma parcela da população que votou em Bolsonaro "por ser enganada por promessas que foram feitas e hoje não foram cumpridas". Ele avalia que a Lava Jato gerou diversas críticas ao PT. "Hoje essa aversão ainda persiste um pouco, então o Ciro busca essa alternativa de se viabilizar como terceira via que poderia vir a suplantar a eleição do Bolsonaro ou do Lula, essa tratativa está correta e tem que permanecer", avaliou Denis.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags