Participamos do

Capitão Wagner homenageia radialista que era contra vacinação e morreu de Covid

Wagner, que é pré-candidato ao Governo do Estado, compartilhou imagens ao lado de Bibi Lemos e lamentou a morte do profissional: "Vá em paz, meu irmão"
11:08 | Jan. 04, 2022
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O deputado federal Capitão Wagner (Pros) homanageou o radialista Ubiracyauri Lopes Lemos, 58, conhecido popularmente como “Bibi Lemos”, que morreu na manhã desta segunda-feira, 3, vítima de Covid-19 no município de Iguatu, a 361,4 quilômetros de Fortaleza.

O comunicador, que se posicionava contra a vacinação da doença, estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital e Maternidade Dr. Agenor Araújo (HMAA), desde o dia 26 de dezembro.

Em publicações nos stories do Instagram, Wagner, que é pré-candidato ao Governo do Estado, compartilhou imagens ao lado de Bibi Lemos e lamentou a morte do profissional. "Vá em paz, meu irmão", afirmou o parlamentar.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em uma publicação nas redes sociais, no último dia 26, o irmão do radialista, Iguaracy Lemos, destacou que o momento pedia orações para a saúde de Bibi Lemos, mas que também era oportunidade de ressaltar a indignação diante do negacionismo em relação à vacinação contra a Covid-19. “Não é fofoca, não é fake. É verdade! A verdade bate à porta… à porta de uma UTI. A conta chegou!!!”, destacou no post.

O radialista de Iguatu era contrário à vacinação contra a Covid-19. Em publicações no seu perfil do Facebook, Bibi Lemos se mostrava contra o passaporte da vacinação para a entrada em estabelecimentos, medida aplicada no Decreto Estadual de combate à pandemia, e da vacinação em crianças. Dentre os posts, o comunicador compartilhava críticas sobre a eficácia dos imunizantes utilizados na campanha de vacinação contra o coronavírus.

Bibi Lemos atuava na rádio Nova FM de Iguatu, onde apresentava de segunda-feira a sábado, das 15h às 17 horas, o programa “Forrozão”. Por meio das redes sociais, a rádio Nova FM emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do comunicador. “A comunicação na região Centro-Sul perde um de seus maiores nomes. Neste momento de dor prestamos nossas condolências aos amigos e familiares", dizia um trecho da nota.

No rádio de Iguatu, Bibi Lemos atuou na Rádio Jornal e Rádio Antena Sul. Em Fortaleza, o radialista trabalhou na Tropical FM de Fortaleza, em 2004. Nos últimos anos, o comunicador realizou trabalhos comerciais e de animação durante as campanhas eleitorais. Em 2021, ele retornou aos microfones de emissoras comandando as tardes da Rádio na Nova FM. As informações são do portal Mais FM.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags