Participamos do

Delegada da PF responsável por extradição de Allan dos Santos é exonerada

Blogueiro bolsonarista é alvo de um pedido de prisão preventiva determinado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF)
15:51 | Nov. 10, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Casa Civil exonerou nesta quarta-feira, 11, a delegada Silvia Amélia Fonseca de Oliveira do cargo de Diretora de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional no Ministério da Justiça.

A informação foi revelada pelo The Brazilian Report. Segundo o site, o alto escalão do governo pediu a cabeça da delegada por ela dar andamento ao pedido de extradição do blogueiro Allan dos Santos, aliado de Jair Bolsonaro e amigo dos filhos do presidente.

O governo brasileiro é pressionado a negociar com os Estados Unidos a entrega do de Allan dos Santos, que está no país ilegalmente. Ele é alvo de um pedido de prisão preventiva determinado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), onde é investigado nos inquéritos das milícias digitais e da organização de atos antidemocráticos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Allan dos Santos está nos Estados Unidos desde agosto de 2020 — à época, ele já era investigado em inquéritos do STF. Mensagens obtidas pela CPI da Covid indicam que o blogueiro teve ações bancadas pela família do presidente Jair Bolsonaro.

Nas conversas, Allan afirma que estaria em um “bunker pago pelo Eduardo”. Mesmo após a ordem de prisão determinada por Alexandre de Moraes, o blogueiro segue em liberdade e mantém a rotina de divulgar vídeos com ataques a ministros do Supremo.

Por sua vez, Silvia Amélia, que é delegada da Polícia Federal, tem mestrado em relações internacionais e é especializada em cooperação internacional e trabalhou como auditora estrangeira na Escola Nacional Superior de Polícia da França. Na PF, coordenou a área de cooperação internacional e foi diretora-executiva substituta. A demissão de Silvia Amélia é assinada pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira.

O DRCI é um dos braços estratégicos do Ministério da Justiça. Além de tratar de processos de extradição, o departamento também comanda as cooperações jurídicas com outros países, em investigações que envolvem troca de informações sobre transações financeiras, por exemplo.

Há duas semanas, o ministro da Justiça, Anderson Torres, afirmou que a extradição de Allan dos Santos seria tratada de “forma técnica” pela pasta. “É um assunto que vai ser tratado de uma forma técnica, observando os critérios legais, o que pode ser feito e o que não pode ser feito”, afirmou o delegado no fim de outubro, em entrevista ao lado de Jair Bolsonaro.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags