Participamos do

Bolsonaro almoça com Michel Temer e pede ajuda na negociação com os caminhoneiros

Em 2018, o então presidente Michel Temer enfrentou protestos similares, mas com pautas diferentes
16:36 | Set. 09, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O presidente Jair Bolsonaro almoçou nesta quinta-feira, 9, com o ex-presidente da República Michel Temer (MDB), em Brasília. O encontro foi motivado pela crise institucional entre os poderes, agravada pelos ataques de Bolsonaro nos discursos do 7 de Setembro. Um avião da frota presidencial foi enviado para buscar o emedebista em São Paulo. O ex-presidente chegou à capital federal por volta das 11h30min.

O objetivo da conversa é solicitar ajuda sobre os atos de caminhoneiros bolsonaristas que, nos últimos dias, vêm bloqueando rodovias federais em todo o país. Em 2018, o então presidente Michel Temer enfrentou protestos similares, mas com pautas diferentes.

LEIA MAIS l Paralisação dos caminhoneiros nas rodovias do Brasil: últimas notícias de hoje, 9

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O movimento de caminhoneiros pelo país tem origem na organização que emergiu na greve de 2018. Nesta quinta, o então Ministro da Segurança Pública do governo de Michel Temer (MDB), Raul Jungmann, disse: "O líder é o presidente da República". Ele atentou para o fato de que foi Jair Bolsonaro quem convocou a categoria a integrar os atos golpistas em favor de seu governo no feriado do 7 de Setembro.

Jungmann esteve na linha de frente da crise aguda de maio de 2018, quando bloqueios provocaram estado de emergência em diversos pontos do país e obrigaram o uso de forças federais. Em 2018, existia uma pauta dos caminhoneiros autônomos que foi, em parte, atendida pelo governo: a alta do diesel na bomba foi parcialmente revertida e a cobrança de pedágio por eixo suspenso de caminhões retirada.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags