PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Janaina Paschoal diz que Bolsonaro "está cavando a própria cova" ao nomear Ciro Nogueira

Janaina defendeu ainda que a nomeação não condiz com o que Bolsonaro defendeu durante sua campanha em 2018

Filipe Pereira
14:00 | 28/07/2021
Apoiadora de Bolsonaro nas eleições de 2018, ela rompeu com o presidente recentemente (Foto José Antonio Teixeira/AL SP) (Foto: José Antonio Teixeira/AL SP)
Apoiadora de Bolsonaro nas eleições de 2018, ela rompeu com o presidente recentemente (Foto José Antonio Teixeira/AL SP) (Foto: José Antonio Teixeira/AL SP)

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) afirmou nesta quarta-feira, 28, que a nomeação do senador Ciro Nogueira (PP-PI) para o cargo de ministro da Casa Civil foi um "movimento errado". Em entrevista ao UOL News, a parlamentar defendeu que, ao fazer a indicação, o presidente Jair Bolsonaro está "cavando a própria cova".

"Qual a lógica desse movimento? A única lógica, a única racionalidade é enfraquecer o Paulo Guedes. É uma desculpa, vamos dizer assim, falta emprego, ou temos que dar uma pasta para o Onyx, o Onyx é fiel, ou qualquer coisa que o valha, mas o objetivo parece ser enfraquecer o Paulo Guedes. Então é mais uma fragilização de bandeiras do governo. É muito ruim. As pessoas que votaram nele [Bolsonaro] estão cada vez mais descontentes. (...) Eu penso que ele [Bolsonaro] está cavando a própria cova", disse. 

Janaina defendeu ainda que a nomeação não condiz com o que Bolsonaro defendeu durante sua campanha em 2018. Ela ressaltou que o mandatário "gosta de errar" ao indicar o nome de Ciro, "envolvido em tantas operações no filtro do governo".

A deputada defendeu ainda não há candidatos para uma terceira via em 2022 a não ser o nome do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro. A deputada lembrou das críticas feitas por Bolsonaro ao vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) e disse que qualquer pessoa que tenha "uma luz própria incomoda muito o presidente".