PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Bolsonaro afirma que vai vetar o fundão

13:09 | 20/07/2021

O presidente Jair Bolsonaro prometeu vetar trecho da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) aprovada pelo Congresso que prevê aumento do Fundo Eleitoral de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões. "Vou vetar o fundão, tá?", disse logo antes de se despedir dos apoiadores na saída do palácio da Alvorada na manhã desta terça-feira, 20.

Parlamentares da base aliada têm sido duramente criticados por votarem favoravelmente ao texto que estabelece o reajuste da verba à qual os partidos teriam acesso para financiar campanhas. Bolsonaro se queixou dos ataques hoje em entrevista à Rádio Itatiaia ao dizer que a aprovação da LDO era de interesse do governo. Eu precisava da aprovação da LDO, Lei de Diretrizes Orçamentárias, e os parlamentares que votaram favorável foram rotulados como se tivessem votando essa majoração do fundão, coisa que não é verdade"

No entanto, os governistas não apoiaram a iniciativa do Novo de destacar a proposta do Fundo Eleitoral, para que fosse votada separadamente. O aumento dos recursos para financiamento de campanhas é de interesse dos setores fisiológicos do Congresso, aos quais o Planalto se aliou desde as eleições para a Câmara e o Senado ao dar apoio aos atuais presidentes das Casas, Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), que fazem parte desta ala.