PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Veja como votaram os deputados cearenses sobre a MP que permite privatização da Eletrobras

A maioria dos deputados foi contra a proposta, com oito parlamentares votando "não" e mais seis optando pela obstrução. Outros oito votaram a favor da MP

11:41 | 22/06/2021
Plenário da Câmara dos Deputados (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)
Plenário da Câmara dos Deputados (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

A Câmara dos deputados aprovou nesta segunda-feira, por 358 votos a favor e 136 contra, a medida provisória que permite a privatização da Eletrobras. A proposta prevê, entre outras medidas, a emissão de novas ações da Eletrobras, a serem vendidas no mercado sem a participação da empresa, resultando na perda do controle acionário de voto mantido atualmente pela União. A matéria segue para sanção presidencial.

LEIA MAIS: Do Ceará ao Brasil: veja privatizações que geraram polêmicas

Analisado pelos senadores na semana passada, o texto precisava ser votado até esta terça-feira, 22, para que não perdesse a validade. Dessa forma, uma sessão extraordinária da Câmara foi convocada. Dentro da bancada cearense, a maioria dos deputados foi contra a proposta, com oito parlamentares votando "não" e mais seis optando pela obstrução, que é uma estratégia usada para impedir o prosseguimento dos trabalhos. Outros oito votaram a favor da MP. Confira a lista:

AJ Albuquerque (PP) - Sim
André Figueiredo (PDT) -  Não
Aníbal Gomes (DEM) - Sim
Capitão Wagner (PROS) - Sim
Célio Studart (PV) - Não
Danilo Forte (PSDB) - Não
Domingos Neto (PSD) - Sim
Dr. Jaziel (PL) - Sim
Eduardo Bismarck (PDT) - Obstrução
Genecias Noronha (Solidariedade) - Sim
Heitor Freire (PSL) - Sim
Idilvan Alencar (PDT) - Não
José Airton Félix Cirilo (PT) - Obstrução
José Guimarães (PT) - Não
Júnior Mano (PL) - Sim
Leônidas Cristino (PDT) - Obstrução
Luizianne Lins (PT) - Obstrução
Moses Rodrigues (MDB) - Obstrução
Odorico Monteiro (PSB) - Não
Totonho Lopes (PDT) - Obstrução