Participamos do

Dória afirma que SP não irá sediar Copa América: "Prioridade é conter a pandemia"

Esse é mais um episódio de divergência entre o governador de São Paulo e o presidente Jair Bolsonaro, que deu aval para a vinda da competição ao Brasil
18:38 | Jun. 01, 2021
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou nesta terça-feira, 1º, que o estado não irá receber jogos da Copa América. Segundo ele, o evento esportivo poderia prejudicar o combate à pandemia.  "Comuniquei ao secretário-geral da CBF que SP não deverá sediar a Copa América. Após ampla consulta aos membros do Centro de Contingência concluímos que representaria uma má sinalização do arrefecimento no controle da transmissão do coronavírus. A prioridade é conter a pandemia", afirmou o tucano em suas redes sociais. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Esse é mais um episódio de divergência entre o governador de São Paulo e o presidente Jair Bolsonaro, que deu aval para a vinda da competição ao Brasil depois da recusa de Brasil e Argentina. Bolsonaro afirmou que, no que depender dele, a Copa América de 2021 será realizada no Brasil. Declaração foi dada nesta terça-feira, 1°, a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

“No que depender de mim e de todos os ministros, inclusive o da Saúde – já tá acertado –, haverá. Protocolo é o mesmo da Libertadores, é o mesmo da Sul-Americana, é a mesma coisa”, disse o presidente. Na última segunda-feira, 31, após reuniões no Planalto, o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, disse que ainda não havia confirmação sobre a realização do torneio no país.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags