PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Lula se reúne com Camilo para discutir pandemia, vacina e auxílio emergencial

Esse foi o primeiro encontro entre Lula e Camilo depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que anulou as condenações contra o petista, no âmbito da Lava Jato, e tornou-o elegível. Os demais governadores do PT também participaram da reunião

12:42 | 31/05/2021
Lula se reuniu nesta segunda, 31, com o governador Camilo Santana  (Foto: Reprodução/Twitter)
Lula se reuniu nesta segunda, 31, com o governador Camilo Santana (Foto: Reprodução/Twitter)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu virtualmente com os governadores do PT para debater os efeitos da pandemia no País e possíveis saídas para os problemas enfrentados pela população. Ele se encontrou com Camilo Santana (Ceará), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte, Rui Costa (Bahia) e Wellington Dias (Piauí). A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, também participou da reunião. Segundo a assessoria de Camilo, o encontro aconteceu na semana passada.

"Relatos sobre o enfrentamento à pandemia nos estados e a urgência da necessidade de ampliar a vacinação e o auxílio emergencial", afirmou Lula, que, após ter retomado seus direitos políticos, tem se engajado de maneira mais profunda nas principais questões do Brasil, fazendo ainda duras críticas à atuação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

Esse foi o primeiro encontro entre Lula e Camilo depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que anulou as condenações contra o petista, no âmbito da Lava Jato, e tornou-o elegível. No mesmo dia, Camilo chegou a telefonar para o correligionário. Nas redes sociais, se referiu ao líder do partido como "um exemplo vivo de que toda luta por Justiça vale a pena". 

Camilo Santana enfrenta, atualmente, uma "encruzilhada" política com vistas a 2022. Com a volta de Lula ao jogo político, crescem as chances de ele ser o candidato do PT à Presidência da República. Ao mesmo tempo, Ciro Gomes (PDT), um dos padrinhos políticos do petista no Estado e pré-candidato ao Palácio do Planalto, endurece as críticas contra Lula. 

Recentemente, em entrevista à rádio O POVO CBN, o governador voltou a defender união de forças para a consolidação de um "projeto Nacional" que possa sair vitorioso nas urnas em 2022. "Tenho defendido que há uma preocupação com o País para que possamos garantir o direito à democracia e ao respeito. Precisamos preservar isso. Lula e Ciro têm mais convergências do que divergências. Aliás eu provoquei um encontro entre os dois no segundo semestre do ano passado", lembrou.

Pesquisa recente mostrou ainda que Camilo e Lula lideram o ranking de imagem positiva no Ceará, com o governador do Ceará à frente. Camilo chega a ter 58% de imagem positiva, contra 31% negativa. O ex-presidente vem em seguida, com 53% de imagem positiva e 40% negativa. Os números são de um levantamento da consultoria Atlas, divulgada no último dia 24 pelo jornal Valor Econômico.