Participamos do

PT apresenta notícia-crime ao STF contra Bolsonaro por participação em manifestação

A petição foi apresentada ao Supremo Tribunal Federal (STF) e cobra investigação de infrações de medidas sanitárias e emprego irregular de verba pública em atos com a presença do presidente
10:43 | Mai. 28, 2021
Autor Vítor Magalhães
Foto do autor
Vítor Magalhães Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Partido dos Trabalhadores (PT) encaminhou uma notícia-crime ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por conta de sua participação em atos públicos com apoiadores, sobretudo em razão do que ocorreu no último domingo, 23, em uma manifestação com milhares de pessoas no Rio de Janeiro.

Ao Supremo, o partido pede que a Procuradoria-Geral da República e a Polícia Federal investiguem possíveis infrações de medidas sanitárias e emprego irregular de verba pública por parte do presidente.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Destaca ainda que a presença de Bolsonaro em tais atos “foge de seu escopo democrático quando configura grave risco à população”, no contexto da pandemia, e aponta uma “conduta ilícita” do presidente “diante de seu indevido encorajamento para a realização dos atos”.

Em parte do documento, a sigla reforça: "A lógica parece ser simples: o presidente Jair Bolsonaro estimula seus apoiadores a saírem às ruas em atos de manifestação em seu favor e retira dos cofres públicos a verba necessária para o remanejamento de policiais militares para fins de segurança, além de todo o aparato estatal envolvido na proteção da autoridade máxima da República".

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags