PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Eduardo Paes vai para o PSD e deve levar junto Rodrigo Maia

Em fevereiro deste ano, durante a eleição para presidência da Câmara, Maia afirmou que se sentiu traído por ACM Neto, presidente nacional do DEM.

Filipe Pereira
15:30 | 04/05/2021
Eduardo Paes ao lado do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) (Foto: Youtube)
Eduardo Paes ao lado do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) (Foto: Youtube)

O prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes acertou sua filiação ao PSD. Visando disputa ao governo estadual em 2022, o gestor mantinha diálogo com o presidente do partido, Gilberto Kassab, para deixar o DEM. O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, também deve seguir o mesmo rumo. Em fevereiro deste ano, Maia afirmou que se sentiu traído por ACM Neto, presidente nacional do DEM. 

“Mesmo a gente tendo feito o movimento que interessava ao candidato do Neto no Senado, ele entregou a nossa cabeça numa bandeja para o Palácio do Planalto”, disse Maia em entrevista ao jornal Valor. O DEM abandonou o candidato à presidência da Câmara apoiado por Maia, Baleia Rossi (MDB-SP), na noite anterior à eleição. 

Nas eleições municipais de 2020, Paes contou com a ajuda de Maia, então presidente da Câmara, para ganhar sua terceira disputa pela prefeitura carioca. Ele administrou o município de 2009 até 2017.

De acordo com Guilherme Amado, da Revista Época, também vai para o PSD o deputado federal Pedro Paulo (DEM-RJ), assim como Marcelo Calero, hoje no Cidadania. Eleita para a Câmara dos Vereadores, também deve ir para o partido a atual secretária de Assistência Social, Laura Carneiro.