PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Veja como votou cada deputado cearense sobre urgência na venda de vacinas para empresários

15 dos 22 deputados cearenses na Câmara dos Deputados votaram na urgência do projeto. Maioria votou favorável. Sete parlamentares não registraram posição

Filipe Pereira
18:37 | 06/04/2021
São Paulo - Vacinação contra covid-19 aos profissionais da saúde do Hospital das Clínicas, no Centro de Convenções Rebouças. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
São Paulo - Vacinação contra covid-19 aos profissionais da saúde do Hospital das Clínicas, no Centro de Convenções Rebouças. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira, por 316 a 116 votos, o requerimento de urgência para votação do projeto que prevê a vacinação privada contra Covid-19 no Brasil. A relatora do projeto, Celina Leão (PP-DF), leu a nova versão do seu relatório do projeto de lei, que deve ser votado na sequência. Contudo, um requerimento apresentado pela oposição visa adiar a análise.

Quinze dos 22 deputados cearenses na Câmara dos Deputados votaram na urgência do projeto. Dos presentes, maioria votou pela venda dos imunizantes para as iniciativas privadas. Confira:

AJ Albuquerque (PP) - Sim
André Figueiredo (PDT) - Não
Capitão Wagner (Pros) - Sim
Célio Studart (PV) - Sim
Danilo Forte (PSDB) - Sim
Denis Bezerra (PSB) - Não
Eduardo Bismarck (PDT) - Sim
Genecias Noronha (Solidariedade) - Sim
Heitor Freire (PSL) - Sim
Idilvan Alencar (PDT) Não
José Airton Félix Cirilo (PT) - Não
José Guimarães (PT) - Não
Júnior Mano (PL) - Sim
Leônidas Cristino (PDT) - Não
Robério Monteiro (PDT) - Sim