Participamos do

"É uma situação muito difícil. Não dá pra criticar porque é uma decisão muito técnica", diz reitor da UFC sobre novo lockdown

Cândido Albuquerque reconhece que a situação é de "estrangulamento" das unidades hospitalares, tanto públicas como privadas
22:32 | Mar. 03, 2021
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Cândido Albuquerque, disse que a decisão de decretar novo lockdown em Fortaleza foi "muito técnica", o que o impede de fazer uma avaliação mais profunda.

Entretanto, ele reconhece que a situação é de "estrangulamento" das unidades hospitalares, tanto públicas como privadas. "Temos que nos valer da opinião dos técnicos, das autoridades sanitárias, nesse momento de absoluto estrangulamento. É uma situação muito difícil. Não dá pra criticar porque é uma decisão muito técnica", afirmou. Segundo Cândido, que foi escolhido para o cargo pelo presidente Jair Bolsonaro, a necessidade é evitar que um grande número de pessoas procure atendimento hospitalar ao mesmo tempo.

O reitor informa ainda que, na manhã desta quinta-feira, 4, irá reunir toda a administração superior para decidir o que será feito na UFC durante as semanas de isolamento social rígido. Para ele, pouco coisa irá mudar, tendo em vista que a instituição se preparou para esse momento delicado. "Distribuímos muitos equipamentos tecnológicos, tivemos uma grande ação de inclusão digital. Estamos passando por essa fase sem maiores transtornos", destaca, ressaltando que a comunidade acadêmica está preparada e qualificada para atividades remotas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags