PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Câmara dos Deputados: Partidos financiam jatos para campanhas de Lira e Baleia Rossi

Os parlamentares têm intensificado suas viagens pelo Brasil para promover suas campanhas de sucessão da Câmara dos Deputados.

Filipe Pereira
16:31 | 12/01/2021
Candidatos à presidência da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL) e Baleia Rossi (MDB-SP)  (Foto: Agência Brasil)
Candidatos à presidência da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL) e Baleia Rossi (MDB-SP) (Foto: Agência Brasil)

Com jatos particulares e despesas pagas pelos respectivos partidos, os candidatos à presidência da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL) e Baleia Rossi (MDB-SP) percorrem o País em campanha nos últimos dias. Até o momento, as legendas não divulgaram os valores gastos com as viagem deslocamentos e até agora e afirmam que tudo será declarado nas prestações de contas à Justiça Eleitoral, procedimento a ser feito apenas em junho de 2022. 

A legislação não veda que as legendas banquem estes gastos. A única exigência é de que a despesa seja para atividade partidária. Segundo o MDB, o partido fará uso de recursos próprios, provenientes de doações privadas, e não do Fundo Partidário, composto por dinheiro público. 

Baleia, candidato do bloco do presidente Rodrigo Maia (MDB-RJ), viajou apenas duas vezes até agora. Na última sexta-feira, 8, ele esteve em Teresina, no Piauí, e nesta segunda-feira, 11, visitou Florianópolis, em Santa Catarina. Nas duas vezes, utilizou uma aeronave da Icon Táxi Aéreo.

LEIA MAIS: 

Candidatos à Presidência da Câmara dos Deputados virão ao Ceará no mesmo dia em busca de apoio

Camilo receberá visita de Rodrigo Maia e Baleia Rossi na próxima quarta-feira, 13;

De acordo com o partido, o serviço para os primeiros voos foi o mais barato após a realização de cotações com três empresas. O valor não foi informado porque, segundo o partido, a intenção é negociá-lo ao fim da campanha dependendo do número de viagens.

Em 2020, o MDB arrecadou um montante R$ 35,2 milhões. Deste valor, R$ 246,3 mil foram de doações de pessoas físicas. O senador Fernando Bezerra (MDB-PE), líder do governo no Senado, colaborou com R$ 18,5 mil, sendo o maior financiamento. A seguir vem Baleia, que repassou R$ 16,4 mil. A prestação de contas do ano passado ainda não foi concluída.

 

Já Lira, Apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro, é o candidato que realizou mais viagens, já visitando um total de capitais nas regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste do Brasil para encontros com governadores e parlamentares. A aeronave usada por ele - um jato Cessna Citation Excel com capacidade para oito passageiros e o sugestivo prefixo "PP-MDB" - pertence a dois empresários investigados na Lava Jato.

O partido afirma que todas as ações da campanha são feitas "cumprindo rigorosamente a legislação e as contas serão divulgadas de forma transparente". O Progressistas ainda não prestou informação ao TSE sobre as contas do ano passado - o prazo vence em junho. Ao todo, a sigla recebeu R$ 48 milhões do Fundo Partidário.