PUBLICIDADE
Política
Noticia

Morre o ex-deputado cearense Alencar Furtado

Parlamentar chegou a ser cassado pela ditadura militar

16:02 | 11/01/2021
Alencar Furtado, ex-deputado federal (Foto: CÂMARA DOS DEPUTADOS)
Alencar Furtado, ex-deputado federal (Foto: CÂMARA DOS DEPUTADOS)

Morreu na madrugada desta-segunda-feira, 11, em Brasília, o ex-deputado federal cearense José Alencar Furtado. Ele tinha 95 anos e, de acordo com o Correio Braziliense, faleceu no apartamento dele no Distrito Federal, por causa de problemas renais e cardíacos. O sepultamento ocorre às 16 horas desta segunda.

Natural de Araripe, no Cariri, sul do Ceará, ele foi militante da Esquerda Democrática, dissidência da UDN, e um dos fundadores no Ceará do antigo Partido Socialista Brasileiro (PSB) no Ceará. Mudou-se para o Paraná na década de 1950. Pelo velho MDB e pelo PMDB, foi eleito deputado estadual no Paraná e, depois, três vezes deputado federal pelo mesmo Estado.

No segundo mandato e quando era líder do MDB, teve o mandato cassado por decreto do presidente Ernesto Geisel, por causa de pronunciamento em programa político de rádio e televisão do MDB no qual fez homenagem a parlamentares cassados, presos ou exilados e a toda a população vítima de repressão. Voltou à Câmara para seu último mandato entre 1983 e 1987, quando votou pelas Diretas Já.