PUBLICIDADE
Política
Noticia

Camilo diz que buscará vacina contra Covid-19 da "forma mais rápida e segura"

Governador também agradeceu aos profissionais de saúde que atuaram no combate à pandemia e desejou 2021 de superação

17:27 | 31/12/2020
FORTALEZA, CE, Brasil. 29-12-2020: Camilo Santana, governador do Ceará. Governador Camilo Santana visitou as dependências do jornal O Povo na manhã desta terça feira. Camilo foi entrevistado na rádio O Povo / CBn por Maísa Vasconcelos e se reuniu com os jornalistas Arlen Medina Néri, Erick Guimarães, João Marcelo e Henrique Araújo. (Foto: Júlio Caesar / O Povo) (Foto: JÚLIO CAESAR)
FORTALEZA, CE, Brasil. 29-12-2020: Camilo Santana, governador do Ceará. Governador Camilo Santana visitou as dependências do jornal O Povo na manhã desta terça feira. Camilo foi entrevistado na rádio O Povo / CBn por Maísa Vasconcelos e se reuniu com os jornalistas Arlen Medina Néri, Erick Guimarães, João Marcelo e Henrique Araújo. (Foto: Júlio Caesar / O Povo) (Foto: JÚLIO CAESAR)

Em mensagem de fim de ano gravada para as redes sociais, o governador Camilo Santana (PT) afirmou que empreenderá todos os esforços para que a vacina contra a Covid-19 chegue a todo o Ceará em 2021 o mais rápido possível.

"Não medirei esforços para que a vacina contra a Covid-19 chegue ao Ceará da forma mais rápida e segura para que o nosso povo seja imunizado e possamos voltar a tão sonhada normalidade. Tenho absoluta certeza de que 2021 será o ano da superação", projetou.

Camilo agradeceu também ao trabalho de todos os profissionais de saúde, "pela dedicação e zelo com o nosso povo", assim como a trabalhadores de outras áreas "pelo imprescindível apoio para que as medidas tomadas pelo Estado" de isolamento social fossem praticadas.

"Com muita coragem, trabalho e fé transformaremos todas essas adversidades em oportunidades para crescermos e avançarmos na luta por um Ceará mais forte e com mais justiça social. Sempre juntos", finalizou.

Vacina

À Rádio O POVO CBN na última terça-feira, 29, ele havia projetado que a vacinação começaria a partir de fevereiro, imunizando mais de 1,8 milhão de cearenses até junho. Ele prevê que insumos para produção da biofarmacêutica AstraZeneca cheguem em dia 15 de janeiro ao Ceará.