Participamos do

Capitão Wagner faz visita ao Centro de Fortaleza e ressalta que resultado só "às 17h de amanhã"

A caminhada foi marcada por aglomeração e falta de distanciamento adequado
11:38 | Nov. 28, 2020
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No último dia de campanha, antes da votação do segundo turno, que vai ocorrer neste domingo, 29, o candidato a prefeito de Fortaleza Capitão Wagner (PROS) caminhou, junto a apoiadores, pelo Centro da Cidade na manhã deste sábado, 28. A visita, que foi uma das últimas ações do político na corrida pelo pleito, foi marcada por aglomeração e falta de distanciamento adequado.

Capitão Wagner falou sobre a expectativa de “virar” a eleição, já que aparece atrás do seu adversário, José Sarto (PDT) nas pesquisas. “O que a gente pretende hoje é reverberar o debate de ontem. Vamos conversar com essas pessoas e fazer divulgação nas redes sociais. A decisão é de hoje para amanhã, temos certeza que está em aberto. Não há um vitorioso ainda, apenas às 17 horas de amanhã”.

O candidato também comparou a campanha deste ano com a última, em 2016, quando ficou em segundo lugar com 46,43% dos votos. “Acho que a pandemia atrapalhou a nossa candidatura. Mas a gente entende também que é necessário nos reinventar na forma de fazer campanha e acho que alcançamos o resultado. No primeiro turno, tive mais votos que em 2016 e tenho plena certeza que amanhã terei mais votos também no segundo turno”, disse.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Parceria com Bolsonaro

 

Wagner reiterou a sua parceria com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) caso seja eleito. “Sem dúvida nenhuma serei aliado dele, a gente precisa estar próximo ao presidente na busca de recursos para a Cidade. Como eu vou pedir a vacina para todos os moradores de Fortaleza apenas com recursos próprios? Sem o Governo Federal ninguém consegue governar”.

Já sobre sua primeira ação como prefeito, caso eleito, Wagner destacou: “A primeira ação na Prefeitura é estruturar o financeiro para que a gente possa financiar o auxílio emergencial de 300 reais para cada cidadão fortalezense que não tenha condição financeira de custear sua alimentação”, finalizou.

 

Com informações do repórter Vitor Magalhães


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar