PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Em Fortaleza, Camilo participa de primeira agenda pública com Sarto após declarar apoio ao candidato

Ao lado do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e do candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, o governador visitou as obras da Linha Leste do Metrô de Fortaleza

Filipe Pereira
13:58 | 21/11/2020
FORTALEZA, CE, BRASIL, 21.11.2020: Dr. Sarto/ Roberto Claudio / Camilo Santana / Elcio Batista fazem visita as obras da Linha Leste do Metro de Fortaleza, que fica proximo ao Cemiterio São João Bastista e vai ate a Praca da estação no Centro de Fortaleza. Em época de COVID-19. (Foto: Aurelio Alves/O POVO). (Foto: Aurelio Alves)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 21.11.2020: Dr. Sarto/ Roberto Claudio / Camilo Santana / Elcio Batista fazem visita as obras da Linha Leste do Metro de Fortaleza, que fica proximo ao Cemiterio São João Bastista e vai ate a Praca da estação no Centro de Fortaleza. Em época de COVID-19. (Foto: Aurelio Alves/O POVO). (Foto: Aurelio Alves)

O governador Camilo Santana (PT) participou na manhã deste sábado, 21, de visita às obras da Linha Leste do Metrô de Fortaleza, que chegam à Praça da Estação, no Centro da cidade. Ele esteve reunido com o prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PDT, José Sarto. É o primeiro ato público em que o chefe do executivo estadual aparece ao lado do postulante pedetista, inclusive, logo após declarar apoio oficial à campanha no segundo turno

Na ocasião, referindo-se a Sarto como "futuro prefeito", o petista destacou diferenças entre a campanha do deputado e presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (ALCE) e a promovida pelo adversário Capitão Wagner. "São dois projetos antagônicos. Um que representa a intolerância, a exploração da violência, representa um projeto do Bolsonaro na capital e o outro projeto representa a democracia, a paz, a busca do diálogo e continuidade dos ganhos que fortaleza e o Ceará tem tido", disse. 

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >

Colocando a campanha como "capaz de unir Fortaleza", antes mesmo de declarar apoio oficial, Camilo já tinha manifestado, ainda que indiretamente, proximidade com o postulante pedetista. Em entrevista às rádios CBN Cariri e O POVO CBN na manhã desta sexta-feira, 20, O governador do Ceará reafirmou parceria política e administrativa com o PDT na Capital e disse que sua participação no 2° turno, nas cidades de Fortaleza e Caucaia, será pautada por um trabalho para que haja apoio aos “candidatos que representam a democracia”.

Durante a visita às obras, Sarto afirmou que deve seguir a última semana de campanha eleitoral obedecendo as regras eleitorais e medidas sanitárias para evitar o contágio pela Covid-19. “Será basicamente reunião interna com os grupos dos suplentes, com vereadores já fizemos, campanha da rede social e visita ao centro e instituições” adiantou.

O candidato avaliou os dados da pesquisa OPOVO/Datafolha de intenção de voto, divulgada nesta sexta-feira, 20, onde aparece como vencedor do segundo turno, com 59%, ante os 41% de Wagner. “ Os partidos todos vieram para cá, com exceção dos que declararam neutralidade e fico feliz porque nosso discurso de que é hora de unir está chegando a todos os lugares. A pesquisa desse momento é efeito de que a gente tem condições, equilíbrio e experiência para unir a cidade”, disse.