PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

ELEIÇÕES 2020: "Fortaleza recusará bolsonarismo da mesma forma como recusou em 2016", afirma Roseno

Candidato à Prefeitura de Fortaleza, Roseno é otimista quanto à eleição de vereadores da chapa Psol-PCB

15:39 | 15/11/2020
O candidato à Prefeitura de Fortaleza Renato Roseno, do Psol, votou no Colégio Ari de Sá. (Foto: Barbara Moira/O POVO)
O candidato à Prefeitura de Fortaleza Renato Roseno, do Psol, votou no Colégio Ari de Sá. (Foto: Barbara Moira/O POVO)

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Renato Roseno, do Psol, votou acompanhado da candidata à vice Raquel Lima (PCB) e dos candidatos a vereador Aílton Lopes e Anna Karina. Roseno avaliou a campanha de sua chapa e o panorama das Eleições na Capital. "A maior ameaça à democracia brasileira é o crescimento do bolsonarismo. Fortaleza, assim como o recusou em 2016, recusará em 2020", afirma.

Para Roseno, sua campanha tinha três objetivos: agir para a educação política em favor da democracia, apresentar um projeto para a Cidade e voltar à Câmara Municipal. "Fizemos uma campanha muito limpa e íntegra", avaliou. "Não entramos na pancadaria, apresentamos um projeto."

LEIA MAIS | Conheça Renato Roseno, do Psol, candidato a prefeito de Fortaleza

LEIA MAIS | Renda básica e periferia como prioridade: veja as propostas de Renato Roseno

"Temos dez mandatos na Câmara Federal, temos mandatos na Assembleia do Ceará e queremos ter na Câmara Municipal", expõe. "Precisamos voltar para a Câmara de Fortaleza e vamos voltar hoje, com bancada."