PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Alpha Condé proclamado presidente para um terceiro mandato na Guiné

O Tribunal Constitucional rejeitou os recursos do principal adversário de Condé, Cellou Dalein Diallo, e de três dos outros 12 candidatos nas eleições presidenciais de 18 de outubro

11:42 | 07/11/2020
Alpha Condé, de 82 anos, teve vitória no primeiro turno (Foto: JOHN WESSELS / AFP)
Alpha Condé, de 82 anos, teve vitória no primeiro turno (Foto: JOHN WESSELS / AFP)

Alpha Condé, de 82 anos, foi proclamado definitivamente presidente da Guiné pelo terceiro mandato consecutivo, após meses de protestos que custaram a vida a dezenas de civis.

 

O Tribunal Constitucional rejeitou os recursos do principal adversário de Condé, Cellou Dalein Diallo, e de três dos outros 12 candidatos nas eleições presidenciais de 18 de outubro.

 

O tribunal validou o resultado da comissão eleitoral nacional, que deu a Condé a vitória no primeiro turno (59,5% dos votos).

 

Diallo obteve 33,5% dos votos, segundo dados oficiais. Neste sábado, as forças de segurança bloqueavam na capital Conacri a casa deste opositor, que esperava falar à imprensa.

 

A decisão do Tribunal Constitucional é final e Condé pode iniciar um novo mandato de seis anos, possivelmente renovável uma vez.

 

A possibilidade de um terceiro mandato consecutivo para Condé já havia gerado protestos há um ano em que dezenas de civis perderam a vida em um país acostumado à violência política.