PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Eleições 2020: Wagner promete dar continuidade a "bons projetos" da atual gestão

Candidato do Pros também comentou ações judiciais que tem movido contra campanha adversária e críticas a episódio em que apareceu com colete à prova de balas no Lagamar

22:00 | 04/10/2020
FORTALEZA, CE, BRASIL, 04.10.2020: Capitão Wagner, candidato a prefeito de Fortaleza faz panfletagem no Final da Avenidade Santos Dumont em frente a Prac1a Dom Helder Camara na Praia do futuro. em época de COVID-19.  (Foto: Aurelio Alves/ O POVO). (Foto: Aurelio Alves/ O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 04.10.2020: Capitão Wagner, candidato a prefeito de Fortaleza faz panfletagem no Final da Avenidade Santos Dumont em frente a Prac1a Dom Helder Camara na Praia do futuro. em época de COVID-19. (Foto: Aurelio Alves/ O POVO). (Foto: Aurelio Alves/ O POVO)

Capitão Wagner aproveitou o domingo para realizar atos de campanha na Praia do Futuro. Largou em um bicicletaço do Parque do Cocó até o local, onde foi recebido pela militância agitando bandeiras e carros de som promovendo sua campanha. Preparando-se para o início do Horário Eleitoral Gratuito no rádio e na TV, Wagner afirma que vai apresentar propostas factíveis, incluindo a continuação de ações de Roberto Cláudio (PDT). “Temos a consciência de que, toda obra iniciada pela atual gestão, nós temos que concluir, todos os bons programas, temos que dar continuidade, e é isso que vamos mostrar”.

O candidato também comentou sobre as ações judiciais que tem movido contra adversários, avaliando que, por ter sofrido do mesmo método na campanha passada para prefeito, em 2016, também está atento a irregularidades cometidas por outros candidatos neste pleito. “Se existe uma regra definida pela Justiça Eleitoral, nós temos que obedecer. Se alguém está desobedecendo, vamos acionar a Justiça, da mesma forma que que, se nós desobedecermos, vão acionar também”.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >

Até hoje, 25 ações denunciando "irregularidades na campanha de Sarto" foram apresentadas pelo jurídico da campanha de Wagner. "Das 25 ações, 24 foram por conta de perfis de pessoas físicas que impulsionaram conteúdo de propaganda eleitoral e uma em razão do efeito outdoor", escreveu em nota.

O candidato ainda comentou as críticas recebidas por ter aparecido com colete à prova de balas em visita ao bairro Lagamar. Sobre isso, respondeu ter buscado uma forma de autopreservação, e denuncia ter sofrido ameaças. “Se necessário for, usarei novamente (o colete)”, responde.

Capitão Wagner iniciou os atos da manhã deste domingo com um bicicletaço saído do Anfiteatro do Parque do Cocó na direção da praça 31 de Março, na Praia do Futuro. No local, participou de uma aula de karatê e declarou que pretende criar academias populares de artes marciais em praças e quadra desportivas da cidade. (Rose Serafim)