Participamos do

Governo Bolsonaro anuncia Renda Cidadã para atender população após auxílio emergencial

Novo programa social será o substituto do Bolsa Família
13:16 | Set. 28, 2020
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O governo federal anunciou hoje (28) a criação do programa Renda Cidadã, para substituir o Bolsa Família. Estavam presentes o presidente Jair Bolsonaro, acompanhado de ministros, líderes no Congresso e do senador Márcio Bittar (MDB-AC). Segundo Bittar, o objetivo é atender a milhões de brasileiros que, a partir de janeiro, com o término do pagamento do auxílio emergencial, não terão do que sobreviver.

O presidente Jair Bolsonaro retornou ao trabalho nesta segunda-feira, após ser submetido, na sexta-feira (25) a uma cirurgia para retirada de cálculo na bexiga. Bolsonaro deixou o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, no início da tarde de sábado (26).

Não foi informado o valor do novo programa, nem quando começará a ser pago.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Além do orçamento já destinado ao Bolsa Família, o Renda Cidadã deverá usar dinheiro para pagamento s de precatórios e verbas do Fundeb.

No último dia 15, o presidente Jair Bolsonaro gravou vídeo anunciando que não seria criado o programa social, chamado na época de Renda Brasil. A nova proposta é batizada Renda Cidadã. "Até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra Renda Brasil. Vamos continuar Com o Bolsa Família e ponto final", afirmou o presidente duas semanas atrás.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags